Apresentado por Bússola

Bússola Cultural: Vozes Negras apresenta musical em formato de série

Confira toda quinta-feira sugestões da Bússola com o melhor da programação cultural de São Paulo

Por Bússola
Publicado em 16/06/2022 14:32
Última atualização em 16/06/2022 14:33

Tempo de Leitura: 8 min de leitura

Vozes negras

Para quem está acostumado a maratonar séries pela TV ou computador, o Teatro Sérgio Cardoso traz uma novidade, o espetáculo “Vozes Negras — A Força do Canto Feminino”, o primeiro musical em formato de série do país. Serão seis episódios, cada um deles será apresentado de quinta a domingo. O público poderá assistir à série completa ou, se preferir, escolher os de preferência, uma vez que cada episódio trata de um tema independente. Cada um dos espetáculos trará debates com convidadas e participação do público. O projeto inovador levanta pautas sobre feminismo negro, a importância e o papel das cantoras e compositoras negras na história da música brasileira. O primeiro espetáculo — “A era de ouro do rádio”, com apresentações de 30 de junho a 3 de julho, vai homenagear Carmen Costa e Elizeth Cardoso. Em uma das sessões, a cantora convidada será Eliana Pittman e as debatedoras, uma por dia, serão Preta Ferreira, Erica Malunguinho e Adriana Barbosa.

Saiba mais sobre todos os episódios e garanta seu ingresso aqui.

“Alma corsária”, parte da Mostra 200 anos de independência em 200 filmes (Mostra 200 anos em 200 filmes/Divulgação)

Mostra 200 em 200

A mostra “200 anos de independência em 200 filmes” acaba de estrear na plataforma #CulturaEmCasa. São 30 obras que contam, a partir da produção audiovisual, os 120 anos de cinema no Brasil. Durante a mostra, serão apresentadas obras como "Copacabana", "Alma corsária" (foto), "Aitaré da Praia", "À Meia-Noite Levarei sua Alma", "A Filha do Advogado", "Porto das Caixas", "Mar de Rosas" e "O País dos Tenentes".

a mostra completa, com os 200 filmes brasileiros, está no Cine Petra Belas Artes, a preços promocionais de R$ 4 (R$ 2, a meia); para a programação no cinema, acesse o site do Cine Belas Artes; para acompanhar todos os filmes, acesse a plataforma e faça sua inscrição

Fábio Enriquez no Show Delicadeza (Fábio Enriquez/Divulgação)

Delicadeza

O show inédito que celebra os 21 anos de carreira do ator e músico Fábio Enriquez marca o fim de sua trajetória na Cia. Barca dos Corações Partidos e a estreia de sua carreira solo, com lançamento do seu single homônimo em apresentação no Teatro Sérgio Cardoso e transmissão ao vivo pela plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa. O espetáculo, com solilóquio e recitativo de poesia, terá canções inéditas. Das canções de musicais da sua trajetória destaca-se: "Teresinha" da "Ópera do Malandro", e outras canções de "Gonzagão a Lenda" e "Auê". O show terá projeção em tela Rosco, figurino especial, duas cantoras e seis músicos, além das participações especiais de Nanan Gonzaga (cantora e musicista, ex-integrante do grupo As Chicas. Neta do grande Luiz Gonzaga, e filha de Gonzaguinha), Ellen Oléria (atriz, cantora e compositora brasiliense de renome nacional. Ganhadora do primeiro The Voice Brasil) e Lucas dos Prazeres (multiartista, percussionista nascido no morro da Conceição, zona norte de Recife. Importante representante do Quilombo dos Prazeres).

domingo, 19 de junho, às 20h, Teatro Sérgio Cardoso. Para compra de ingressos, acesse aqui; a plataforma #CulturaEmCasa fará a transmissão ao vivo, aqui.

Exposição na estação Sé do Metrô (Museu do Ipiranga/Divulgação)

Novo Museu do Ipiranga 

Quem está em São Paulo já pode conhecer como vai ficar o novo Museu do Ipiranga, a ser inaugurado em 7 de setembro, durante as comemorações do bicentenário. Na Sé, o público poderá ver o projeto, incluindo informações dos novos espaços, que dobraram a área construída do Museu. O novo Museu poderá receber 12 exposições em 49 salas expositivas, além de mirante, loja, café e auditório para 200 pessoas. O visitante também terá acesso a imagens históricas do Edifício-Monumento, desde sua construção, no final do século 19, até os dias atuais, bem como detalhes do processo de restauração de sua arquitetura, que contou com ferramentas especialmente adaptadas para reproduzir o modo de trabalho dos artesãos do passado. Em vídeo, o público acompanha a série Diário do Novo Museu do Ipiranga.

saiba mais pela plataforma Agenda Bonifácio, gerida pela Amigos da Arte, e que traz um panorama completo sobre o bicentenário com história, entrevistas e ampla programação cultural

Peça cria distopia para falar de país que inflama seus cidadãos para se manter em chamas (Cultura em casa/Divulgação)

Marte, você está aí?

O Panorama #CulturaEmCasa apresenta a peça "Marte, você está aí?”, de Sílvia Gomez que cria uma distopia para falar de um país que inflama seus cidadãos para se manter em chamas. Militante política em décadas passadas, uma mulher de meia-idade (interpretada por Selma Egrei) parece mais preocupada em marcar presença em recepções e com as cores das roupas que veste. A filha (papel de Michelle Ferreira) não compreende como a mãe, com um passado contestador, adotou a futilidade. O desaparecimento da jovem, depois de participar de uma manifestação, leva a mulher a procurar sua filha, militante que se esconde em uma casa esquecida e posta à venda. No enredo ainda um personagem misterioso, que mistura agressividade e proteção, conecta as duas. Direção de Gabriel Fontes Paiva.

a partir do dia 16 de junho pela plataforma #CulturaEmCasa, acesse aqui.

Obra da artista plástica mineira Rosângela Rennó (Rosângela Rennó/Divulgação)

Obra da artista plástica mineira Rosângela Rennó

Casamentos cubanos

Um desdobramento da exposição da mineira Rosângela Rennó na Pinacoteca surgiu uma leitura complementar de uma das obras da artista, “Círculos Viciosos, 472 Casamentos Cubanos”. A partir desse trabalho, a plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa, em parceria com a Pinacoteca de São Paulo, apresenta uma leitura da educadora Ísis que parte da forma da obra e comenta os materiais utilizados. Em seguida, aborda o discurso de Rennó, sua história e os resgates que a artista faz com sua criação.

acesse aqui

“Folia Brasileira” no Teatro Sérgio Cardoso em apresentação única (João Augusto Figueiredo/Divulgação)

Folia

O espetáculo "Folia Brasileira" é a atração em apresentação única no Teatro Sérgio Cardoso dia 26 de junho. A programação livre e para a família toda conta a história da comemoração do noivado de Rosinha, filha do coronel Vicente Pompeu. O coronel quer que a festa seja uma grande mostra da nossa cultura popular, com apresentações de Bumba-meu-boi, reisado, ciranda, frevo e maracatu. Até que um empresário gringo resolve bagunçar a ideia original.

Teatro Sérgio Cardoso, 26 de junho às 11h, gratuito, mais informações acesse aqui

Feira Sabor Nacional no Museu do Futebol (Feira Sabor Nacional/Divulgação)

Arraiá e futebol

Que tal juntar futebol e comida boa para aproveitar o final de semana? O Museu do Futebol recebe a segunda edição da tradicional Feira Sabor Nacional, que desta vez faz uma homenagem às festas juninas. Serão 60 expositores, com destaque para produtos que remetem a esta deliciosa época do ano, com suas festas típicas e seus quitutes, parte da nossa memória afetiva, como doces típicos, bolos, pinhão e muito mais. O público poderá ainda se deliciar em uma praça de alimentação completa, com restaurantes renomados, como Mocotó, Holy Burger, Casa Tucupi, entre outros, servindo suas delícias, além de curtir oficinas para as crianças e forró ao vivo. Será permitido também o acesso de cães com coleira, mas apenas na área externa da instituição.

sábado e domingo, dias 18 e 19 de junho, das 10h às 19h, gratuito, na fachada do Museu do Futebol; para mais informações, acesse aqui.

Funmilayo Afrobeat Orquestra, o jazz da periferia (Funmilayo Afrobeat Orquestra/Divulgação)

Pra maratonar no feriado

“Periferia Instrumental” é uma série documental original de cinco episódios que apresenta, um a um, personagens que contribuem para uma revolução no jazz brasileiro. São músicos da periferia que criam oportunidades de visibilidade, inclusão e fortalecimento de toda uma comunidade que, estereotipicamente, não seria associada à cultura e ao consumo do jazz no Brasil. O quinto episódio da série traz o Funmilayo Afrobeatr Orquestra, big band composta por mulheres e pessoas não binárias. O gurpo ganhou o nome em homenagemà professora e ativista Funmilayo Anikulapo Kuti, mãe do música nigeriano Fela Kuti. A banda apresenta um som que mescla instrumentos como o berimbau e o atabaque com guitarra e baixo elétricos, trompete e voz. Para quem ainda não tem o hábito de maratonar conteúdo da plataforma, esta série é uma ótima porta de entrada.

todos os episódios estão disponíveis pela plataforma #CulturaEmCasa; acesse aqui.

Sétimo encontro do ciclo "1922: Modernismos em debate" (Cultura em casa/Divulgação)

Fotografia e Cinema

A plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa apresenta “Fotografia e Cinema”. Thyago Nogueira conversa com Ricardo Mendes, Thiago Gil, Eduardo Morettin e Denilson Lopes sobre aspectos da fotografia e do cinema brasileiro. Este é o sétimo encontro do ciclo “1922: Modernismos em debate”, evento resultante da parceria da Pinacoteca de São Paulo com o Museu da Imagem e do Som e o Museu de Arte Contemporânea da USP. O conteúdo é acessível e a interpretação em Libras fica a cargo de Yasmin.

acesse aqui ou pelo aplicativo #CulturaEmCasa disponível nas lojas da Apple e Store e Google Play

Veja também

Bússola Cultural: Semana tem Música para cortar os pulsos e mês do orgulho

Hípica do Rio retoma calendário de alto nível com cavaleiros olímpicos e estrelas nacionais

Beta Boechat: Alô, marcas Tihany! Chega de palhaçada


Veja Também