Um conteúdo Bússola

Bússola Cultural: semana destaca o festival inédito Arte na Primavera

Confira toda semana sugestões da Bússola com o melhor da programação cultural de São Paulo

Por Bússola
Publicado em 29/09/2022 18:30
Última atualização em 29/09/2022 18:47

Tempo de Leitura: 8 min de leitura

Por Bússola

Arte na primavera

A 1ª edição do Festival Arte na Primavera — Campos: Florada Cultural apresenta uma programação repleta de ícones da música, da dança e do teatro brasileiro. Em seu primeiro dia de evento, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) sobe ao emblemático palco do Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão, com as apresentações das obras Ibi – da Natureza ao Caos, Divertissement de Paquita e A Morte dos Cisnes. Além de dança e muita música, o Festival terá ainda apresentações de peças de teatro. A atriz Maitê Proença, por exemplo, leva ao palco a peça O Pior de Mim, dia 9 às 16h. Em cena, Maitê revisita histórias impactantes de sua vida. Numa interlocução direta com a plateia, a atriz reflete sobre como sua história familiar repercutiu na vida profissional, além dos eventuais bloqueios desenvolvidos e tudo que precisou fazer para se libertar. Ela fala ainda da mulher de 60 anos no Brasil, de machismo, misoginia, dos preconceitos enfrentados.

a plataforma #CulturaEmCasa vai apresentar o espetáculo da SPCD, dia 8 de outubro, às 19h, acesse aqui

Lenine com o filho Bruno Giorgi (Jairo Goldflus/Divulgação)

Lenine na Virada

A Virada SP chega a Itanhaém e Botucatu com importantes nomes da cena artística nacional, entre eles Lenine e Mart’nália e BNegão. O evento, com gestão da Amigos da Arte, é totalmente gratuito e acontece durante 24 horas consecutivas, aberta ao público, nos dias 8 e 9 de outubro.  Lenine e o filho Bruno Giorgi levam aos municípios a  turnê Rizoma, que serve como uma plataforma para que o duo compartilhe com o público versões para mostrar o lado artístico de ambos.  É destaque também da programação da Virada SP, a cantora, atriz e percussionista Mart'nália

dias 8 e 9 de outubro, acesse a programação completa aqui

Curta-metragem disponível pela plataforma #CulturaEmCasa (Bússola/Divulgação)

Rosinha Sinhá

Para comemorar os 100 anos do rádio  no Brasil, a plataforma #CulturaEmCasa fez um apanhado de ações culturais que já estão disponíveis por demanda. Um dos destaques foi o programa do Panorama #CulturaSP com o curta-metragem Rosinha Sinhá. A obra de Rosinha Mastrângelo, radiodramaturga e articuladora cultural, e Dindinha Sinhá, criadora e apresentadora do programa de radiodifusão Teatrinho de Brinquedos, é revista através das vozes de atores-cantores que fizeram parte desse processo criativo, entre os anos 1940 e 1950, abordando aspectos particulares dos programas infantis transmitidos pela Rádio Atlântica de Santos (PRG-4), uma das pioneiras do Brasil.

Acesse aqui .

Paulo Azevedo faz Heróis, em cartaz pela plataforma (Vitor Vieira/Divulgação)

Heróis

Um astro do rock, no auge da fama, inicia uma jornada interna, resgatando questões deixadas para trás na correria da vida. Exposto ao próprio cansaço, ele mergulha nas razões mais íntimas para seguir em frente, agora, rumo a um novo lugar. Inspirado em músicas e biografias de rockstars, Heróis aborda valores intrínsecos ao cotidiano contemporâneo, como a tentativa de controlar o tempo, a busca da identidade, a anestesia dos afetos e o respeito pelas diferenças, além de revelar a porção “heróica” em todos nós. Com direção, texto e atuação de Paulo Azevedo.

de 27/9 a 2/10, às 20h, 14 anos, disponível pela plataforma #CulturaEmCasa, acesse aqui

Parte da exposição no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Imagem/Divulgação)

Atos de Revolta

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro acaba de estrear a exposição Atos de Revolta: Outros Imaginários sobre Independência, em colaboração com o Museu da Inconfidência. A mostra parte do bicentenário da independência do Brasil para propor uma releitura desse processo histórico, reunindo obras e objetos do período colonial em diálogo com a produção de artistas contemporâneos, de gerações e geografias diversas. Atos de Revolta foca em uma série de levantes populares, motins e revoltas que antecederam o momento da independência ou que ocorreram nas décadas subsequentes — durante o Primeiro e o Segundo Reinado, e o período regencial.

mais informações sobre a Mostra, acesse a Agenda Bonifácio, plataforma gerida pela Amigos da Arte, e que reúne programação cultural de iniciativas pública e privadas, história, entrevistas e muito mais sobre os 200 anos da independência. Acesse aqui

Notas Contemporâneas: bate-papo com a "ternurinha" Wanderléa (Foto/Divulgação)

Wanderléa em Notas

O programa Notas Contemporâneas entrevista a cantora, compositora e atriz Wanderléa. Aos 10 anos, Wanderléa já participava de concursos de canto e recebia seus primeiros prêmios como cantora em programas de rádio. Em 1962, lançou seu primeiro compacto. Durante o movimento Jovem Guarda, quando recebeu o apelido de “Ternurinha” do amigo Roberto Carlos, conquistou reconhecimento de crítica e público, tornando-se uma das artistas mais queridas do Brasil. O programa Notas Contemporâneas registra depoimentos de significativos nomes do cenário musical brasileiro, erudito e popular, preservando a história oral do MIS.

todos os episódios estão disponíveis pela plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa. Acesse aqui

Artesãos da Semana Criativa de Tiradentes (Eugênio Savio/Divulgação)

Tiradentes criativo

A edição 2022 da Semana Criativa de Tiradentes volta ao formato presencial, com quatro dias repletos de palestras, rodas de conversa, exposições, oficinas e experiências ligadas ao artesanato brasileiro. A Semana Criativa de Tiradentes é uma iniciativa cultural e social e visa divulgar e valorizar os saberes de tradição e estimular o empreendedorismo por meio do design, do artesanato e da arquitetura. O projeto é realizado pela jornalista Simone Quintas e pelo produtor cultural Júnior Guimarães. Ao longo do ano, são promovidas imersões entre designers e artesãos para a troca de conhecimentos. O resultado destes encontros são produtos criativos e cheios de história, exibidos e vendidos na loja da Semana Criativa de Tiradentes e em lojas de design do país.

Tiradentes, MG, de 20 a 23 de outubro, mais informações acesse aqui

O ator Luis Louis aborda os temas "animal" x "contemporaneidade" (Foto/Divulgação)

Selvagem

Quais resquícios animalescos habitam o Homem contemporâneo? Foi evolução? Regressão? Selvagem nasce dessas questões. Com muito humor e criatividade, o ator-mímico Luis Louis aborda os temas “animal” vs. “contemporaneidade” por meio de situações e personagens cujas origens estão no próprio cotidiano. Sem utilizar a voz, Luis enfatiza todo o potencial expressivo do corpo. Sucesso de público em apresentações por todo o país, o espetáculo representou o Brasil no Festival Internacional de Mímica, em Brasília.

já disponível pela plataforma gratuita de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa. Acesse aqui

Votação para o Prêmio termina dia 30 de setembro (Foto/Divulgação)

Prêmio Dynamite

Acabam de ser anunciados os selecionados para o Prêmio Dynamite de Música Independente 2022. Considerado o maior e mais tradicional premiação deste nicho, a votação para escolher os melhores trabalhos de 2021 em 19 categorias será feita exclusivamente pela internet. É necessário a realização de cadastro e só é permitido um voto por e-mail. A votação termina em 30 de setembro. Os vencedores serão conhecidos na Cerimônia de Premiação Online, a ser realizada no Teatro Sérgio Cardoso em 20 de outubro. O Prêmio Dynamite teve sua primeira edição em 2022 e se tornou o principal mapeador e catalisador de toda a cena musical independente nos últimos 20 anos. O projeto é realizado com apoio do governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Amigos da Arte.

para conhecer os selecionados e votar, clique aqui .

Ponte Aérea RS apresenta a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Foto/Divulgação)

Noite dos Maias

Em mais um episódio da Ponte Aérea, uma iniciativa que une secretarias de cultura de estado para viabilização de produções artísticas, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre apresenta A Noite dos Maias. Sob a regência do maestro Rodolfo Saglimbeni, o violinista italiano Davide Alogna inicia o concerto com Adagio em Mi Maior, K. 261 seguido de Concerto para Violino nº 4 em Ré Maior, K. 218, ambas composições de Wolfgang Amadeus Mozart. Na segunda parte do espetáculo, Saglimbeni rege a obra de Silvestre Revueltas elaborada especialmente para o filme mexicano La Noche de Los Mayas, de 1939, uma peça de grande variedade e colorido orquestral. A apresentação segue disponível por demanda pela #CulturaEmCasa, a primeira plataforma gratuita de streaming e vídeo do Brasil. A #CulturaEmCasa é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do governo de São Paulo, com gestão da Amigos da Arte.

acesse aqui

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Gamificação: uma moda muito bem-vinda

Compra de produtos recondicionados cresce mais de 150% no Brasil

Carlos Brito: A retomada da indústria dos sonhos


Veja Também