Um conteúdo Bússola

Bússola & Cia: Águas do Rio amplia tarifa social com bons resultados

Confira novidades e informações exclusivas sobre economia e negócios na coluna semanal de notas da Bússola

Por Bússola
Publicado em 20/07/2022 09:35
Última atualização em 20/07/2022 09:35

Tempo de Leitura: 6 min de leitura

Por Bússola

A Águas do Rio conectou pela primeira vez comunidades carentes ao sistema de fornecimento hídrico de sua rede na região metropolitana do Rio de Janeiro. Alguns moradores não tinham sequer chuveiro em suas residências. E está alcançando até 85% de pagamento em dia das contas. Este dado de adimplência é da Barreira do Vasco, próxima do Estádio de São Januário. Contra várias previsões pessimistas, o investimento está dando bom retorno graças ao sentido de cidadania que a conta de água oferece aos moradores das comunidades – com o comprovante de endereço muitos passam a ter acesso a crédito. Pelo contrato com o governo do Estado, a concessionária teria de oferecer 5% de tarifa social. Já bateu em 10%, e deve ampliar. “As pessoas querem dignidade”, avalia o diretor presidente da Águas do Rio, Alexandre Bianchini.

Combate ao racismo

Grupo Carrefour Brasil, em parceria com a consultoria DIMA (Development Impact Managers & Advisors), realizou a formatura da primeira turma de empreendedores negros, em programa que trabalha captação de investimentos e treino de habilidades. Ao todo participaram 20 empreendedores, já com resultados de busca de recursos no país e no exterior. A iniciativa faz parte do compromisso firmado pelo grupo no combate ao racismo estrutural do país, ao estímulo ao empreendedorismo negro e a educação de grupos minorizados.

Exportações

As proteínas animais lideraram a lista dos principais produtos exportados de janeiro a maio pela indústria de alimentos, com US$ 9,2 bilhões (+37,9%). Seguidas de farelos, com US$ 4,3 bilhões (+43,6%); açucares, com US$ 2,9 bilhões (-11,2%); óleos e gorduras, com US$ 1,9 bilhão (+109,3%). Os dados são da pesquisa conjuntural mensal da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). As importações, totalizaram US$ 2,7 bilhões, um aumento de 1,8% em relação a 2021. O saldo comercial da balança de alimentos industrializados chegou a US$ 18,9 bilhões nos cinco primeiros meses do ano - US$ 4,8 bilhões acima do que se registrou no ano passado.

Franquia de sorvete

(Charday Penn/Getty Images)

Não derrete

Estudo da TCP Partners, mostra que o brasileiro deve consumir mais sorvete em 2022. O crescimento deverá ser de cerca de 3% em relação a 2021, quando apresentou um aumento de 2,5% em relação a 2020. O ambiente é favorável para o segmento e deve atrair investimentos. Em 2020, o brasileiro consumiu em média 5,1 litros/ano. No Centro-Oeste a média de consumo é 32% acima da média nacional (6,8 l/ano) e no Sudeste a marca chega a ser 19% superior ao consumido no país (6,1 l/ano).

Compartilhando

A fintech Noh se uniu com a Daki para entregar, até o final de julho, 600 cartões nas regiões de Santa Cecília, Pinheiros e Avenida Paulista. O cartão compartilhado permite que casais dividam despesas instantaneamente. A fintech também permite repartir os gastos por boleto e Pix. “O Brasil estava carente de uma solução disruptiva que pudesse juntar as pessoas em um só pagamento”, afirma Ana Zucato, CEO e cofundadora da Noh.

Seguro

A Gaudium e a IZA Seguradora anunciam parceria para integrar às plataformas desenvolvidas pela Machine e oferecer, de forma 100% digital, a contratação de um seguro contra acidentes para entregadores. Com isso, os usuários dos sistemas da Machine poderão contratar diretamente o serviço da insurtech de forma personalizada, por dia ou por entrega, e adequada às necessidades de suas operações.

Distribuição

O Sistema Coca-Cola, por meio da Coca-Cola Brasil e as engarrafadoras Coca-Cola Femsa Brasil e Solar Coca-Cola, assinou contrato de distribuição de produtos do Grupo Perfetti Van Melle, sem a prerrogativa de exclusividade e com atuações estrategicamente definidas para canais de vendas nos estados/regiões. O acordo faz parte da estratégia de longo prazo de diversificação dos produtos distribuídos pelas Companhias.

Festa com gás

Uma das principais empresas de controle privado do setor de exploração e produção de petróleo e gás no Brasil, a Enauta completou 12 anos de atuação no mercado brasileiro. A data foi celebrada com uma apresentação da Academia Jovem Concertante, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro. Com regência de Daniel Guedes e Simone Leitão no piano, a orquestra se apresentou composições de Villa Lobos, Johann Sebastian Bach, Vivaldi e Clóvis Pereira. A Enauta possui dois ativos produtores no Brasil: o Campo de Atlanta, localizado na Bacia de Santos, e o Campo de Manati, um dos principais fornecedores de gás da região Nordeste. No ano passado, registrou lucro líquido de R$ 1,4 bilhão, o maior da história da companhia.

Torcedor acessa o Twitter através da internet móvel de seu iPhone

Torcedor acessa o Twitter através da internet móvel de seu iPhone (Cameron Spencer/Getty Images/Getty Images)

 

Mobil

O  mercado global de mobilidade deve crescer 75% até 2030, saltando de U$ 14,9 trilhões em 2017 para U$ 26,6 trilhões. E o conceito de Mobility as a service (MaaS) deve impactar o transporte de passageiros no Brasil com a sinergia com as smart cities (cidades inteligentes). Essas e outras tendências constam no relatório “Mobility Future: Construindo o Futuro da Mobilidade” desenvolvido pela Praxio. "A tecnologia já tem papel fundamental para o setor e a inovação é um caminho sem volta. Depois da pandemia, o impossível ficou mais próximo, inclusive para o ecossistema de transportes”, destaca Valmir Colodrão, CEO da Praxio.

Soluções de economia

A FindUP tem ajudado diversas marcas a poupar gastos por meio de soluções tecnológicas ágeis. Uma delas é a Linx. Desde o início da parceria, a FindUP foi capaz de realizar cerca de 7 mil atendimentos nas redes varejistas, que são clientes da organização, sendo 6% deles voltados para ações preventivas - com economia gerada de 50%.

Orgânico

Após captação de uma rodada Série A de R$20 milhões, a Raízs anuncia a ampliação do portfólio, trazendo itens de mercearia e mercado, entre proteínas vegetais e animais, produtos clean label, sem glúten, saudáveis e artesanais. A foodtech de orgânicos e saudáveis pioneira em valorizar o pequeno produtor oferece agora mais de 2 mil produtos orgânicos e saudáveis.

Varíola dos macacos

Desenvolvido pelo Grupo Sabin, o exame qPCR permite o diagnóstico da varíola dos macacos com uma amostra coletada por meio de um swab nas lesões provocadas pela doença. Produzido por pesquisadores do Núcleo Técnico Operacional (NTO), em Brasília, o teste já está disponível no portfólio de serviços da empresa e tem resultado definido em até três dias.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

5G pode ser decisivo para melhorar as práticas ambientais e gerar lucro

Banco Carrefour em parceria com liga ventures cria programa de aceleração

Bússola & Cia: Pagcorp cresce explorando nicho de mercado


Veja Também