Um conteúdo Bússola

Buslog inaugura 16 lojas e espera crescer o faturamento em 20% em 2022

Com modelo de negócios sustentável, empresa transporta encomendas em bagageiros dos ônibus rodoviários do Grupo JCA
Empresas oferece soluções inteligentes no gerenciamento de produtos (Buslog/Divulgação)
Empresas oferece soluções inteligentes no gerenciamento de produtos (Buslog/Divulgação)
B
Bússola

Publicado em 27/06/2022 às 17:30.

Última atualização em 28/06/2022 às 17:27.

Por Bússola

As demandas do e-commerce seguem promovendo transformações no sistema de distribuição de cargas pelo Brasil, impactando serviços como o da Buslog, que tem receita de cerca de 10% proveniente de cargas vendidas pela internet. A companhia realiza o transporte de encomendas em compartimentos dedicados nos bagageiros dos ônibus do Grupo JCA, que administra empresas rodoviárias como a Auto Viação 1001, Cometa e Catarinense. Para atender a alta demanda dos comércios online, das instituições correntistas e também de pessoas físicas, a Buslog inaugurou mais 16 lojas no primeiro trimestre deste ano, ampliando as possibilidades de pontos de coleta e de retirada de cargas.

O modelo de negócios foi implementado pioneiramente pelo Grupo JCA há 12 anos, mas a marca Buslog foi inaugurada oficialmente em 2017. “No início o envio de cargas era considerado uma receita adjacente, mas isso mudou nos últimos anos com o aumento e o aquecimento do mercado e das vendas virtuais. O diferencial é que, como e-commerce envolve carga fracionada e os caminhões saem para a distribuição com a carga consolidada, impactando no aumento do tempo de entrega, a operação por meio dos ônibus rodoviários se tornou uma opção mais atrativa do ponto de vista logístico. Com ou sem carga, o ônibus vai partir em horários determinados, e isso atraiu os clientes”, declara Marcelo Barreto, diretor-executivo da Buslog.

Atualmente, a Buslog possui capacidade para transportar mais de 50 mil toneladas de cargas mensalmente e mantém uma carteira com cerca de 30 mil clientes, que vão de grandes empresas correntistas a e-commerces menores e até pessoas físicas. Só no primeiro trimestre deste ano, foram realizadas cerca de 390 mil entregas em cidades do Sul e Sudeste do país, sendo São Paulo, Rio de Janeiro, Contagem (MG) e Curitiba as praças com maior volume de demanda. Em 2021, a companhia faturou R$ 50 milhões e espera ter um aumento de receita de 20% até dezembro deste ano, além de lançar mais 15 novas lojas, fora as 16 já inauguradas.

A empresa tem a seu favor a extensa malha rodoviária percorrida pelas empresas do Grupo JCA. A frota é composta de mais de 2 mil ônibus, que realizam cerca de 6 mil viagens diárias e que permitem que as entregas cheguem ao seu destino no dia seguinte ao da postagem — em algumas localidades, é possível retirar o item até no mesmo dia. “Aproveitamos a grade de viagens já existente para embutir mais esse serviço. Um único veículo atende duas demandas distintas, então, trata-se de um escopo de negócios sustentável e que pesa menos no bolso do cliente”, diz Barreto.

A empresa está em ritmo de expansão, inaugurando pontos de coleta/retirada e com projeção de aumentar o faturamento em 20% até o final deste ano — em 2021, faturou R$ 50 milhões. Hoje a companhia apresenta resultados significativos para a JCA e manteve o grupo durante os tempos mais graves de pandemia, quando não era possível transportar passageiros. Além de grandes empresas correntistas e pessoas físicas, a Buslog atende vários e-commerces, que hoje representam 10% de sua receita.

Soluções oferecidas

Distribuída em mais de 200 localidades, a Buslog atende clientes e empresas em quatro modalidades: "balcão x balcão"; "porta x porta"; "balcão x porta"; e "porta x balcão". A escolha por uma das soluções depende da necessidade e urgência de cada encomenda.

A tecnologia de rastreio da Buslog permite que os clientes acompanhem via site o trajeto da encomenda em tempo real, desde o momento da coleta até a chegada no destino, além de fornecer todos os dados da pessoa que recebeu a entrega, proporcionando ainda mais controle e segurança na gestão do envio das mercadorias.

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Veloe lança desafio de inovação para startups

Inflação: empresas também precisam ter clareza sobre como e no que gastar

Dispensa coletiva: conheça as exigências legais para sua aplicabilidade