BR Angels lança grupo para engajar mulheres no ecossistema de inovação

Iniciativa conta com executivas da AGR Consultores, Avalara, AWS, Lima Júnior, Domene & Advogados Associados, Rappi e Stefanini Group, dentre outras
Grupo Smart irá atuar com sessões de mentoria, conexão com outras redes de mulheres e em eventos sobre igualdade de gênero (Getty Images/nortonrsx)
Grupo Smart irá atuar com sessões de mentoria, conexão com outras redes de mulheres e em eventos sobre igualdade de gênero (Getty Images/nortonrsx)
Por BússolaPublicado em 19/04/2022 14:45 | Última atualização em 19/04/2022 13:50Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Com o objetivo de fomentar ainda mais a presença feminina no universo do investimento-anjo e facilitar o acesso de mais startups fundadas por mulheres ou com forte presença feminina, o BR Angels Smart Network cria o BR Angels Women Network. O grupo irá conectar investidoras-anjo e empreendedoras, promover sessões de mentoria visando o empoderamento feminino, facilitar interação com outras redes de mulheres, assim como desenvolver e participar ativamente de eventos que propaguem a igualdade de gênero no ecossistema.

Além do BR Angels Women Network, a associação possui outros nove grupos Smart, responsáveis por ativar diversas áreas do conhecimento para as startups investidas, por meio de mentorias. Dentre os grupos Smart estão Customer Success, ESG e Sales Machine, do qual faz parte Ana Paula Tozzi, fundadora e CEO da AGR Consultores, empresa parceira do BR Angels. Segundo a executiva, essa estrutura incentiva a troca entre associados e startups, assim como democratiza o ambiente de negócios.

“O que queremos é mudar esse cenário para que homens e mulheres estejam presentes no ecossistema de inovação nas mesmas condições de igualdade, seja investindo ou empreendendo”, afirma Vanessa Domene, líder do BR Angels Women Network.

De acordo com o Mapeamento do Ecossistema de Startups 2021, elaborado pela Associação Brasileira de Startups (Abstartups), apenas 16,9% das mais de 16 mil startups do país analisadas foram fundadas por mulheres. Os investimentos recebidos por esses negócios são igualmente inferiores, com apenas 0,04% do total aportado em 2020 sendo destinado para startups comandadas por mulheres, segundo o Female Founders Report 2021, da Distrito.

“Já experienciei no passado, enquanto fundadora de uma startup voltada à automação fiscal, a dificuldade do acesso a investimentos na fase alavancagem, bem como do isolamento pelo qual as fundadoras passam até atingirem certo patamar de visibilidade almejado dentro do ecossistema”, diz Tricia Braga, diretora sênior da Avalara.

Executivas

A iniciativa conta com executivas como Ana Paula Tozzi, CEO e fundadora da AGR Consultores. Claudia Braga, latam senior practice manager da Amazon Web Service (AWS). Monica Herrero, board member da Stefanini Group. Tricia Braga, diretora sênior da Avalara. E Vanessa Domene, sócia-diretora do escritório Lima Junior, Domene & Advogados Associados. Além de serem líderes em grandes negócios, essas mulheres compartilham outra coisa em comum: todas fazem parte da associação nacional de investimento-anjo BR Angels Smart Network.

Já Carolina Habeyche, fundadora e CEO da Be Beleza Tech; Deborah Folloni, integrante da lista Forbes Under 30 e fundadora da Chiligum; Isaiane de Mendonça, cofundadora e product manager da Autoforce; Marcela Grèzes, cofundadora e CMO da Woof; Mayara Protti, cofundadora e head de Negócios da LandApp; Thais Nicolau, cofundadora e COO da Incentiv.me; Lia Pullen Parente, COO e diretora de Operações da iRancho; e Irina Campos, cofundadora e COO da NVoip fazem parte da liderança de oito das dezoito startups investidas pela rede desde a sua formação, em 2019.

Ainda participam do BR Angels Women Network as associadas Adriana Flores, que teve passagens pela Positivo Tecnologia, BRMALLS e JCC; Amanda Andreone, diretora da Genesys; Camila Simão, head de Customer Experience, Product Marketing & Research da Dock; Claudia Mattedi, que ocupou cargos executivos e diretoria estatutária na Porto Seguro por 18 anos; Daniela Santos, CFO da Dimensa, uma empresa TOTVS; Marcia Esteves, CEO e sócia da LEw’Lara\TBWA; Sandra Montes, Chief Growth Marketing Officer do Rappi; dentre outras altas executivas.

“No BR Angels, iniciamos o primeiro batch com a presença de apenas quatro mulheres e hoje, após o quarto batch, contamos com um total de dezenove investidoras associadas. Das nossas dezoito startups investidas, oito possuem mulheres em cargos de liderança. São números que ainda podem melhorar muito, mas que já nos enchem de orgulho e vontade de fazer a diferença”, declara o fundador e CEO do BR Angels, Orlando Cintra.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Conheça a Humana, ONG pelos direitos de meninas e mulheres

Olist contrata femtech Bloom Care para transformar cuidado familiar

Mulheres que Inspiram: Comgás lança podcast com foco no público feminino