Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

93% das indústrias adotaram serviços de TI no cotidiano durante a pandemia

Pesquisa realizada pelo Instituto FSB para CNI revela que a tecnologia passou a fazer parte das indústrias, que pretendem levar os serviços para 2022

Por André Jácomo*

Não é nenhuma novidade falar que a pandemia acelerou inúmeras transformações nas nossas vidas profissionais. Em um espaço curto de tempo, todos tivemos que nos adaptar a uma nova realidade de rotina e dinâmica de trabalho. Ao mesmo tempo, empresas que estavam começando ou iniciando suas jornadas de transformação digital tiveram que acelerar seus processos.

Pesquisa realizada pelo Instituto FSB Pesquisa para a Confederação Nacional da Indústria (CNI) com amostra representativa de empresas grandes e médias do setor, mostrou que 93% das indústrias do país implementaram pelo menos um serviço de tecnologia e transformação digital dentro das suas rotinas. E mais do que isso: as indústrias essas indústrias pretendem manter esses serviços para o próximo ano.

Dentro de uma cesta de diferentes serviços tecnológicos, as ferramentas para conduções de reuniões remotas foram as mais utilizadas pelas indústrias durante a pandemia. Ao todo 75% das empresas ouvidas pela pesquisa afirmaram ter contratado esse serviço. Em paralelo, 68% das indústrias ouvidas pela pesquisa afirmaram que aumentaram seus investimentos em segurança da informação. Ambos os serviços foram importantes para indústrias de ambos os portes e de todas as regiões do país.

Igualmente, a pandemia representou um avanço considerável na inovação industrial por meio da implementação de ferramentas de automação: 63% das indústrias abordadas pela pesquisa investiram nesse tipo de tecnologia e afirmam que continuarão com o serviço para os próximos anos. Em patamares semelhantes, os investimentos em ferramentas de produtividade e armazenamento em nuvem também foram consideráveis, com 60% e 59% das empresas afirmando que passaram a investir nas tecnologias por conta da pandemia.

No entanto, serviços relacionados à inteligência artificial e ao big data ainda estão mais distantes. Ao contrário dos outros serviços, 20% das indústrias grandes e médias disseram que investiram e pretendem manter seus serviços  de inteligência artificial, ao passo que 19% afirmam o mesmo em relação a soluções de big data.

A Pesquisa Inovação na Indústria ouviu 500 executivos de médias e grandes empresas entre os dias 1º e 23 de setembro de 2021.

*André Jácomo é diretor do Instituto FSB Pesquisa

Este é um conteúdo da Bússola, parceria entre a FSB Comunicação e a Exame. O texto não reflete necessariamente a opinião da Exame.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também