Um conteúdo Bússola

5G: Expectativa para o mundo gamer

Head de games da Go Games afirma que Brasil tem público consistente para indústria e com democratização da tecnologia terá diferencial competitivo
Tecnologia melhora a performance e interação nos jogos digitais (the_burtons/Getty Images)
Tecnologia melhora a performance e interação nos jogos digitais (the_burtons/Getty Images)
B
Bússola

Publicado em 09/09/2022 às 15:00.

Última atualização em 09/09/2022 às 15:18.

Por Bússola 

“A tecnologia é um aliado importante no consumo de jogos”, é com essa afirmação que Carlos Silva, head de games na Go Games, consultoria especializada em games e gamificação, e também coordenador da pesquisa Game Brasil, que acontece todos os anos, traz as expectativas que o público consumidor tem para o 5G no Brasil. 

“Quando a gente fala de tecnologia, é sempre algo que agrega para a comunidade gamer e para quem consome jogos digitais, porque ela traz sempre uma experiência um pouco a mais. Quando a gente pensa no 5G, na questão da capacidade, velocidade, tudo que ela vai poder proporcionar, vai ser muito positivo”, declara o head. 

Com o crescimento dos multiplayers, a tecnologia 5G agregará expressivamente para a conexão, uma vez que o desenvolvimento de um jogo, muitas vezes, depende desse recurso. Então, quanto mais capacidade, melhor a experiência para entregar a aquele público. 

Com isso, toda a cadeia, desde o desenvolvimento até o consumidor, será impactada pela chegada do 5G. Uma vez que a indústria criando equipamentos mais tecnológicos melhorará a performance e experiência do usuário, possibilitando um diferencial competitivo, como é o caso dos cloud games (jogos nas nuvens digitais).   

“Falando em jogos digitais, a gente está falando de experiência de consumo. E algo que incomoda muito, é você carregar um jogo e ele ficar carregando. A experiência tem de ser fluída. É isso que o público de games espera hoje”, declara Silva. 

Para ele, o público de games no Brasil é consistente e, com isso, investirá nessa nova tecnologia para agregar na sua própria experiência. Mas, para isso, é preciso que haja uma democratização do acesso da conexão para que aumente o engajamento do público. 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube 

Veja também

Acordo com Microsoft é jogada de mestre da Netflix 

Bússola e Cia: Retomada aumenta demanda por suporte em TI 

Precisamos falar de liderança para a inovação