• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Previdência privada: como se aposentar com renda extra (e quanto antes)

Entenda tudo o que é preciso saber antes de contratar um plano de aposentadoria e descubra como escolher o ideal para você
Não importa se você começou a trabalhar agora ou se está há anos no mercado profissional, pensar no futuro é necessário para todos (Getty Images/Thomas Barwick)
Não importa se você começou a trabalhar agora ou se está há anos no mercado profissional, pensar no futuro é necessário para todos (Getty Images/Thomas Barwick)
Por Da RedaçãoPublicado em 02/12/2021 10:00 | Última atualização em 02/12/2021 10:52Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Você já parou para pensar em como será sua renda na aposentadoria? Não importa se você começou a trabalhar agora ou se está há anos no mercado profissional, pensar no futuro é necessário para todos. Isso porque as condições econômicas não são favoráveis para aqueles que não elaboram um plano de aposentadoria

Se você é um trabalhador informal e não contribui para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), muito provavelmente não poderá contar com o benefício público. Por outro lado, se você é um profissional CLT ou um servidor público, terá o respaldo do INSS quando completar as exigências para a aposentadoria, como tempo de contribuição e idade mínima. 

Acontece que mesmo neste último caso, aparentemente mais seguro, você pode esbarrar no teto do benefício, ou seja, o valor máximo a ser recebido pelo INSS, independentemente do quão superior for sua renda atuando no mercado de trabalho. 

Comece a planejar a sua aposentadoria agora mesmo. Descubra como ter renda extra para o futuro

Somando-se a isso o aumento da expectativa de vida do brasileiro — atualmente em 76,8 anos —, a inflação elevada e as incertezas econômicas, fica cada vez mais urgente a necessidade de pensar e planejar a aposentadoria. Mas como fazer isso? É possível parar de trabalhar e ter uma renda para manter o mesmo padrão de vida? É possível planejar uma aposentadoria confortável mesmo sendo um trabalhador informal? Felizmente a resposta é 'sim'. E uma das alternativas é bem conhecida pelos brasileiros: os planos de previdência privada

O que é previdência privada?

A previdência privada é conhecida como uma opção de aposentadoria que não possui vínculo com o sistema do INSS. Em muitos casos, esta previdência acaba funcionando como um complemento da previdência pública. Nesse caso, ela pode ser útil para situações em que o teto do INSS não é compatível com seu custo de vida, por exemplo. 

Apesar da previdência privada ser, na maioria dos casos, voltada para a aposentadoria, ela também pode ser usada com outros objetivos como:

  • sucessão patrimonial;
  • metas de longo prazo (como pagar estudos dos filhos ou comprar um imóvel);
  • a realização de uma viagem ou intercâmbio;

É possível encontrar no mercado várias opções de previdência privada para avaliar qual a melhor alternativa de acordo com seus objetivos e suas projeções futuras. 

Conte com o maior banco de investimentos da América Latina para garantir o seu futuro. Conheça os planos de previdência privada do BTG Pactual digital

Como funciona a previdência privada

Para entender como funciona a previdência privada, é preciso dar um passo atrás para compreender as diferenças entre fundos de previdência e planos de previdência. Os planos de previdência são produtos que os investidores contratam por meio dos bancos e corretoras, já os fundos são onde o dinheiro é realmente aplicado.

Basicamente, funciona da seguinte forma: você contrata um plano de previdência privada em um banco, e o recurso será aplicado em um fundo de previdência. Cada plano de previdência possui um responsável por gerir a carteira de investimento. Então, esse gestor escolhe os ativos a ser comprados ou vendidos, ajudando a melhorar os rendimentos do investimento.

Antes de escolher a sua previdência privada, é de extrema importância que seja feita uma avaliação sobre seu potencial. Apenas com esta análise você conseguirá escolher o plano que melhor se adequa às suas necessidades. 

Descubra qual é o plano de previdência ideal para você e comece a investir para garantir sua renda na aposentadoria

Conheça os tipos de previdência privada

No mercado de previdência privada geralmente são oferecidos dois tipos de plano para o cliente escolher: PGBL e VGBL. Confira as principais diferenças de cada um e entenda qual é a melhor opção para você:

Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL)

O Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) é um dos principais tipos de previdência privada oferecidos no Brasil. Este investimento costuma ser oferecido por bancos, corretoras, seguradoras e instituições financeiras.

Normalmente, a previdência privada PGBL é escolhida pela pessoa que faz a declaração do imposto de renda completa e contribui regularmente para a previdência social. Por ser um plano de previdência aberto, qualquer pessoa pode fazer aportes. Diferente dos planos fechados, que são oferecidos apenas pelas empresas para os seus funcionários em regime de contratação celetista.

O investimento em previdência privada possui bons resultados tributários em situações em que o dinheiro fica aplicado por muito tempo. Por isso, o PGBL é indicado para as pessoas que estão planejando aposentadoria ou estão construindo uma poupança para os filhos pequenos.

Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL)

O Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) é outro tipo de previdência privada comercializada em território nacional. Ele funciona como um seguro de vida que também possui cobertura por sobrevivência.

Esta modalidade de previdência é indicada para as pessoas que fazem a declaração simplificada do imposto de renda, ou desejam investir mais do que 12% da renda bruta anual tributável.

Uma das vantagens do VGBL é que o imposto é calculado apenas sobre o ganho de capital. Vamos supor que você realizou um investimento no valor de 50.000 reais e conseguiu um rendimento no último ano de 550 reais. Então, o imposto vai incidir apenas sobre o valor de 550 reais e não sobre o montante total.

Em qual vale a pena investir?

Apesar de todas as explicações sobre o que é VGBL e PGBL, quando chega o momento de decidir qual é a melhor previdência privada, algumas pessoas ficam indecisas e não sabem o que fazer.

Além de todo estudo sobre os investimentos, é primordial que se faça a escolha certa com relação à instituição financeira. Isso porque, através das suas dúvidas e inseguranças, esta empresa poderá te direcionar sobre qual a melhor previdência privada para você.

Escolha seu plano de previdência privada com o maior banco de investimentos da América Latina

Veja Também

Centenária, Zurich faz parceria para ofertar previdência privada digital
Minhas Finanças
Há uma semana • 4 min de leitura

Centenária, Zurich faz parceria para ofertar previdência privada digital

Bússola&Cia: Previdência Privada alcança R$36,9 bi em aporte
Um conteúdo Bússola
Há uma semana • 6 min de leitura

Bússola&Cia: Previdência Privada alcança R$36,9 bi em aporte

Previdência privada responde pelo sustento de 3% dos aposentados
Minhas Finanças
Há uma semana • 5 min de leitura

Previdência privada responde pelo sustento de 3% dos aposentados

Conheça a técnica "infalível" para diminuir seu imposto de renda
Minhas Finanças
Há 2 semanas • 6 min de leitura

Conheça a técnica "infalível" para diminuir seu imposto de renda