Vice-presidente do PSDB processa tucano que ameaçou Dilma

Garcia, que foi candidato tucano a deputado federal no Distrito Federal, divulgou um vídeo ameaçando cortar a cabeça da presidente Dilma Rousseff

Brasília - Líder da oposição na Câmara dos Deputados e vice-presidente do PSDB, o deputado Bruno Araújo (PE), pediu abertura de processo disciplinar no Conselho de Ética da sigla contra o advogado Matheus Sathler Garcia, alvo de inquérito da Polícia Federal.

Garcia, que foi candidato tucano a deputado federal no Distrito Federal, divulgou um vídeo ameaçando cortar a cabeça da presidente Dilma Rousseff. O processo disciplinar pedido por Araújo pode culminar com a expulsão do advogado dos quadros do PSDB.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ordenou a abertura do inquérito contra Garcia nesta terça-feira, 1. A decisão do ministro foi encaminhada ao diretor-geral da PF, Leandro Daiello.

"As medidas legais serão aplicadas ao caso para que, realizada a investigação policial, possam ser tomadas as sanções penais cabíveis", informa a nota do Ministério da Justiça.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.