Tragédia em Petrópolis deixa 217 mortos e 33 desaparecidos

De acordo com a Polícia Civil, 128 vítimas são mulheres, 89 homens e 42 crianças e adolescentes
 (AFP/MAURO PIMENTEL)
(AFP/MAURO PIMENTEL)
Por Agência O GloboPublicado em 25/02/2022 10:12 | Última atualização em 25/02/2022 10:12Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Subiu para 217 o número de mortos causados pelo temporal que atingiu Petrópolis, na Região Serrana, no dia 15 deste mês. A informação foi divulgada na manhã desta sexta pela Polícia Civil. Desse total , 128 vítimas são mulheres, 89 homens e 42 crianças e adolescentes. Enquanto isso, a instituição espera que familiares de sete vítimas façam exame de DNA para que elas sejam liberadas.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

Nesta quinta-feira, a Prefeitura de Petrópolis afirmou que 182 vítimas do temporal foram enterradas no Cemitério Municipal da cidade. Entre as vítimas está o estudante Gabriel Vila Real da Rocha, de 17 anos, que desapareceu após o ônibus em que ele estava cair no Rio Quitandinha durante o temporal.

Cerca de 50 pessoas, entre elas parentes, amigos e bombeiros do Serviço Móvel de Urgência (Samu) de Magé , que ajudaram nas buscas por Gabriel, estiveram no enterro.

Na manhã de quinta-feira, o pai do rapaz reconheceu o corpo. A identificação aconteceu 10 dias depois da tragédia na Serra, que ainda registra 33 casos de desaparecidos.