Temer “se desfaz da pecha de coronel”, diz Renan

As farpas trocadas entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o vice-presidente da República, Michel Temer, teve mais um capítulo

Brasília – As farpas trocadas entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o vice-presidente da República, Michel Temer, teve mais um capítulo.

No fim da sessão plenária, por volta das 22h, Renan respondeu mais uma vez o presidente do PMDB. “Ele se desfez da concepção de coronel, apesar de ter proibido a entrada de deputados no PMDB”, afirmou.

O comentário responde a nota de Michel Temer, divulgada à tarde, afirmando que “o PMDB não tem dono, e nem coronéis”, com o objetivo de alfinetar Renan, que havia criticado a decisão de Temer de dificultar a filiação de novos deputados ao partido.

O presidente do Senado, entretanto, não vestiu a carapuça e afirmou que, ao dizer que não tem coronéis no partido, Temer “se desfaz da pecha de coronel”.

Renan preferiu não fazer nenhum comentário sobre o voto do ministro do Superior Tribunal Federal, Edson Fachin, que deu o entendimento de que o Senado não pode negar o recebimento do processo de impeachment, caso seja aprovado pela Câmara. A interpretação de Renan, enviada ao STF por meio da advocacia do Senado, dava o entendimento contrário. Calheiros afirmou que não acompanhou as notícias do STF e vai esperar a decisão do pleno.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.