Brasil

Temer admite possíveis adaptações à lei de terceirização

Presidente afirmou nesta terça-feira que a nova lei não trará nenhum prejuízo aos trabalhadores

Michel Temer: presidente admitiu a possibilidade de fazer adaptações à Lei de Terceirização (Adriano Machado/Reuters)

Michel Temer: presidente admitiu a possibilidade de fazer adaptações à Lei de Terceirização (Adriano Machado/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 4 de abril de 2017 às 14h23.

São Paulo - O presidente Michel Temer admitiu nesta terça-feira que o governo pode fazer eventuais adaptações à lei de terceirização aprovada pelo Congresso.

Ao sair de evento empresarial em São Paulo, Temer disse, no entanto, que a nova lei não trará nenhum prejuízo aos trabalhadores.

Acompanhe tudo sobre:LegislaçãoMichel TemerTerceirização

Mais de Brasil

Morre o jornalista Sérgio Cabral, pai, aos 87 anos

Dunga, ex-técnico da Seleção Brasileira, e sua esposa sofrem acidente de carro no Paraná

PF apreende 12 milhões de maços de cigarros em São Paulo em maior operação na história

Auxílio Reconstrução no RS: governo prorroga prazo para prefeituras cadastrarem novas famílias

Mais na Exame