Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Tasso Jereissati desiste de prévias do PSDB para apoiar Leite, diz jornal 

De acordo com a reportagem, Jereissati vai apoiar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que faz oposição ao governador de São Paulo, João Doria

O senador pelo Ceará, Tasso Jereissati, desistiu de concorrer às prévias do PSDB, marcadas para novembro, e que vão definir o candidato do partido à Presidência da República em 2022. A informação foi revelada pelo senador Cássio Cunha Lima (PB) ao jornal O Estado de S. Paulo. O oficialização deve ser feita nesta terça-feira, 28.

De acordo com a reportagem, Jereissati vai apoiar o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que faz oposição ao governador de São Paulo, João Doria. Ainda está na disputa o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

  • Invista com apoio dos assessores do maior banco de investimentos da América Latina. Abra sua conta no BTG

Um relatório da Eurasia, uma das maiores consultorias de risco político do mundo, diz que Leite é o favorito para vencer as prévias. No documento, que começou a circular nesta quinta-feira, 23, e o qual EXAME teve acesso, diz que Doria deve vencer em seu território, onde o partido tem mais filiados. Por outro lado, Leite consegue angariar mais correligionários de outros estados.

Já nos cálculos do cientista político Alberto Carlos Almeida, o governador paulista deve ser a escolha do PSDB. Segundo ele, há a "ilusão'' de que declarações públicas de apoio a Eduardo Leite realizadas por tucanos conhecidos o tornam favorito para vencer as prévias do PSDB.

Isso porque nas prévias do partido, o peso de cada eleitorado varia. Os votos dos filiados contam como 25% do total final, os deputados federais, senadores, vice-governadores e vice-governadores e ex-presidentes do partido somados também valem 25%, assim como o dos deputados estaduais. Já prefeitos e vereadores têm peso de 12,5%, cada, na escolha interna do PSDB.

"Acredita-se que o voto dos filiados de São Paulo venha a totalizar 55% do total nas prévias e, neste caso, a vitória de Doria tenderá a ser expressiva. Uma estimativa conservadora indica que a vantagem nacional de Doria contra Eduardo Leite neste grupo venha a ser de 70% a 30%. Parte destes 30% serão votos dados a Leite em função da resistência de outros estados à força de São Paulo no partido. Vale ainda mencionar que um grande obstáculo ao nome do governador do Rio Grande do Sul é o seu desconhecimento junto aos filiados do partido", diz o cientista político.

Tanto Doria quanto Leite estão percorrendo o Brasil para pedir votos. Durante debate no MacroDay 2021, evento do banco BTG Pactual (do mesmo grupo que controla EXAME), realizado na semana passada, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, disse que a disputa está equilibrada e que não há favorito.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também