A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Tasso Jereissati anuncia apoio a Eduardo Leite e empata prévias no PSDB

Governador gaúcho, que tem apoio de sete estados, acredita que influência de senador pode ajudá-lo no Nordeste. Doria tem endosso de cinco diretórios

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) anunciou na terça-feira sua desistência de disputar as prévias que definirão o candidato do PSDB à Presidência da República no pleito de 2022 e seu apoio à pré-candidatura do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para representar o partido na disputa eleitoral.

"Chegou a hora do PSDB reativar o espírito da sua fundação. A candidatura de Eduardo Leite nas prévias do partido representa dinamismo, juventude e força de vontade", escreveu Tasso em sua conta no Twitter.

"Não sou candidato nas prévias do PSDB, mas isso não quer dizer que não estou na luta. Estou na luta com todos os companheiros por entender que a pessoa que representa o PSDB legítimo, histórico, e o PSDB do futuro é o governador Eduardo Leite", acrescentou o senador.

Além de Leite, seguem na disputa das prévias tucanas marcadas para novembro o governador de São Paulo, João Doria, e o ex-senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgilio.

O apoio do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) nas prévias do PSDB ajuda a campanha do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, a ter condições de igualdade na disputa com João Doria.

  • Quer saber tudo sobre a corrida eleitoral de 2022? Assine a EXAME e fique por dentro.

O governador paulista teve uma vantagem inicial por comandar o maior estado do país, onde estão a maior parte dos filiados ao PSDB, um dos quatro grupos do colégio eleitoral tucano. Por outro lado, Leite já conseguiu o apoio de sete diretórios estaduais — seu adversário tem o endosso de cinco.

Como os estados têm números diferentes de filiados e políticos eleitos, que formam os outros três grupos do colégio eleitoral, o apoio conquistado pelos dois candidatos é parecido quando se analisa o peso total dos estados na votação interna.

Os sete estados que declararam apoio a Leite (MG, RS, PR, BA, CE, AL e AP) tem peso de 33,36% nas prévias, segundo levantamento interno do PSDB. Já os cinco diretórios que fecharam com Doria (SP, PA, DF, AC e TO) correspondem a 30,89%. Os outros estados não se posicionaram. A projeção não é totalmente precisa porque há dissidências, para um lado e para outro, dentro de cada estado.

Exame Política

Neste episódio do podcast EXAME Política, Eduardo Leite fala sobre as tensões entre os Poderes, os riscos à democracia brasileira e a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O governador também analisa os desafios na economia brasileira, como a escalada inflacionária e o alto desemprego, e fala de seus planos para o país caso seu nome se configure como o representante da terceira via nas eleições do ano que vem.  Clique aqui para seguir no Spotify.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também