Brasil

STF rejeita denúncia contra Bolsonaro por crime ambiental

De acordo com o inquérito, em janeiro de 2012 o deputado foi flagrado pescando na Ilha de Samambaia, local onde a pesca é proibida pelo Ibama


	Jair Bolsonaro: ministra do STF entendeu que a conduta do deputado no caso é reprovável, mas não há como puní-lo penalmente
 (Wilson Dias/ABr)

Jair Bolsonaro: ministra do STF entendeu que a conduta do deputado no caso é reprovável, mas não há como puní-lo penalmente (Wilson Dias/ABr)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de março de 2016 às 18h06.

Brasília - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou hoje (1º) denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) por crime ambiental.

De acordo com o inquérito, em janeiro de 2012, Bolsonaro foi flagrado pescando na Ilha de Samambaia, localizada em Angra dos Reis, litoral do Rio de Janeiro, local onde a pesca é proibida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O julgamento começou em junho do ano passado, quando os ministros Gilmar Mendes e Teori Zavascki seguiram voto da relatora, ministra Cármen Lúcia, e aplicaram o princípio de insignificância para rejeitar a denúncia.

Na sessão de hoje, o julgamento foi retomado com o voto de Dias Toffoli, que também rejeitou a denúncia, mas não aplicou o princípio.

Em seu voto, a ministra Cármen Lúcia entendeu que a conduta de Bolsonaro no caso é reprovável, mas não há como punir o deputado penalmente, por falta de tipicidade.

Acompanhe tudo sobre:IbamaJair BolsonaroMeio ambientePescaPolíticaPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosSupremo Tribunal Federal (STF)

Mais de Brasil

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Após receber novas doses, SP vai retomar a vacinação contra dengue neste sábado

Boulos quer câmeras corporais em agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Mais na Exame