STF abre inquérito de compra de votos para eleição de Cunha na Câmara

Supremo investiga compra de apoio político quando Eduardo Cunha foi eleito presidente da Câmara dos Deputados

Brasília - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu inquérito para investigar se houve compra de apoio político para a eleição do então deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) para presidente da Câmara dos Deputados, a partir da delação premiada feita pelo executivo do grupo J&F Ricardo Saud.

A suspeita é que Joesley Batista, também ex-executivo do grupo, tenha incumbido Ricardo Saud de persuadir congressistas de que a eleição de Cunha seria o melhor para fazer um contraponto à então presidente Dilma Rousseff em seu segundo mandato. Para tanto, segundo a delação, Joesley autorizou repasses indevidos de 30 milhões de reais.

O esquema, segundo a delação de Saud, teria sido viabilizado por "doações oficiais, entregas em espécie e emissão de notas fiscais sem lastro".

Eleito presidente da Câmara no início de 2015, Cunha foi um dos principais artífices do impeachment de Dilma, ao autorizar a abertura do pedido de impedimento em dezembro daquele ano.

Cunha renunciou ao comando da Câmara, mas posteriormente teve o mandato cassado por denúncias de corrupção por investigações da operação Lava Jato. Foi depois preso preventivamente e condenado pela operação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.