Sobe para 335 o número de mortos na Região Serrana

Somente em Nova Friburgo, o número de mortos saltou de 107 para 155

Rio de Janeiro - Na Região Serrana do Rio de Janeiro, o número de mortos subiu para 335 nesta quinta-feira. Em Nova Friburgo, o número de mortos subiu de 107 para 155. Durante toda a madrugada choveu forte nos acessos a Teresópolis. Flávio Luiz de Castro, secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil da cidade, informou que 16 corpos foram levados para o IML e a delegacia nesta manhã.

Os bairros mais atingidos de Teresópolis, segundo a Defesa Civil, são Caleme, Posse e Campo Grande. Ainda não conseguiu chegar ao bairro de Campo Grande, mas é possível que mais de 2.000 casas tenham sido destruídas pela chuva e que cerca de 150 corpos estejam na região.

A procura por desaparecidos continuou durante a madrugada em Friburgo e Teresópolis, mas teve que ser interrompida em Petrópolis, onde a falta de luz prejudicou os trabalhos. Em Nova Friburgo, a comunicação ainda é precária, já que o sistema de telefonia foi atingido. Helicópteros devem ajudar nas buscas por mais vítimas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.