Senado aprova MP que libera créditos para Olimpíada

Os recursos, no total de R$ 1,47 bilhão, serão usados em ações vinculadas a Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016 e no combate à seca

O plenário do Senado aprovou hoje (7) a Medida Provisória (MP) 710/16, que abre crédito extraordinário para os ministérios da Integração Nacional, Justiça, Defesa e Cultura.

Os recursos, no total de R$ 1,47 bilhão, serão usados em ações vinculadas a Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016 e no combate à seca.

Do total, R$ 382 milhões serão destinados ao Ministério da Integração Nacional para ações de combate à seca e desastres naturais.

Já o recursos para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos serão repassados aos ministérios da Justiça (R$ 300 milhões), da Defesa (R$ 95,5 milhões), da Cultura (R$ 85 milhões), e do Turismo (R$ 10 milhões), para ações de segurança pública e promoção da cultura brasileira durante os megaeventos. Outros R$ 600,1 milhões serão liberados para encargos financeiros da União.

No caso do Turismo, a medida viabilizará ações de logística do revezamento da tocha olímpica, que percorrerá cerca de 300 cidades até chegar ao Rio de Janeiro para a cerimônia de abertura dos jogos, no dia 5 de agosto.

Críticas

Senadores de oposição criticaram o uso, pelo governo, da liberação de crédito extraordinário para custear despesas que já estavam previstas e não são urgentes.

No entanto, votaram a favor da MP para evitar prejuízos à realização dos Jogos Olímpicos no Brasil.

“O crédito extraordinário existe para fazer frente a despesas imprevisíveis e urgentes. O que votamos aqui é mais um atestado da falta de planejamento do governo federal. Vou votar a favor, mas registro esse gesto de descaso e incapacidade do atual governo”, disse o líder do PSDB, senador Cássio Cunha Lima (PB).

A MP foi aprovada sem alterações em relação ao texto enviado pelo governo, com voto contrário apenas do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Como não foi alterada, a matéria não precisa de sanção presidencial e segue direto para promulgação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.