Schneider não pediu verba para creches, diz Haddad

Fernando Haddad rebateu declarações de que o MEC teria negado verbas para São Paulo em sua gestão
Fernando Haddad: troca de acusações entre petistas e tucanos esquenta (ABr)
Fernando Haddad: troca de acusações entre petistas e tucanos esquenta (ABr)
D
Da RedaçãoPublicado em 21/08/2013 às 08:51.

São Paulo - O candidato petista à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, rebateu na noite desta segunda as declarações do candidato à vice-prefeito na chapa do tucano José Serra, Alexandre Schneider (PSD), de que teria procurado o Ministério da Educação e Cultura (MEC) e solicitado verba para construção de creches na cidade e não teria sido atendido, quando Haddad ocupava o ministério.

"Em audiência em fevereiro do ano passado, Fernando Haddad, então ministro da Educação, recebeu Alexandre Schneider em seu gabinete e o orientou a cadastrar sua solicitação de recursos para os projetos de construção de creches no sistema eletrônico do ministério, o que não foi feito. Depois disso, não houve mais procura", diz nota de Haddad, divulgada na noite desta segunda.

O líder do PT na Câmara Municipal, Francisco Macena, também criticou as declarações do vice de José Serra: "É inacreditável que o vice do candidato José Serra, Alexandre Schneider, obrigue as mães e pais de São Paulo a solicitar vagas de creche por meio de sistema eletrônico, mas não consegue fazer o mesmo para obter os recursos federais para a construção de creches", disse o vereador, em nota à imprensa.