São Paulo libera 4ª dose de vacina contra covid para pessoas com 18 anos ou mais

O segundo reforço é destinado àqueles com 18 anos ou mais que receberam a terceira dose (primeiro reforço) há ao menos quatro meses
Vacina contra covid-19: A plataforma da De Olho na Fila permite checar a disponibilidade de vacinas por fabricante e a situação das filas de vacinação nos postos em tempo real (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Vacina contra covid-19: A plataforma da De Olho na Fila permite checar a disponibilidade de vacinas por fabricante e a situação das filas de vacinação nos postos em tempo real (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 09/08/2022 às 14:22.

Última atualização em 09/08/2022 às 14:24.

Toda população adulta de São Paulo está elegível para a quarta dose da vacina contra covid-19 a partir desta terça-feira, 9. O segundo reforço é destinado àqueles com 18 anos ou mais que receberam a terceira dose (primeiro reforço) há ao menos quatro meses. Segundo a Prefeitura, 911,7 mil pessoas estão aptas a receber o imunizante.

"É fundamental que todos tomem as doses de reforço para continuarem protegidos das formas graves da doença", destacou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, em nota. Estudos demonstram que, ao longo do tempo, os níveis de anticorpos neutralizantes caem.

Os imunizantes estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, além de três Centros de Saúde (CSs), 17 Serviços de Atenção Especializada (SAEs) e megapostos. A plataforma da De Olho na Fila permite checar a disponibilidade de vacinas por fabricante e a situação das filas de vacinação nos postos em tempo real.

Segundo a Prefeitura, mais de 34,6 milhões de doses anticovid na capital. Na população adulta, a cobertura vacinal está em 107,4% para segunda dose, 83,7% para primeira dose de reforço (terceira dose) e em 53,5% para quarta dose - em relação aos grupos elegíveis até então. A última ampliação de público para o segundo reforço ocorreu no dia 25 de julho, quando pessoas com 30 anos ou mais se tornaram elegíveis.

LEIA TAMBÉM: 

Estudo na Holanda mostra impacto da síndrome da covid longa

Pandemia da covid está 'longe de terminar', diz OMS