São Luís segue sem ônibus e empresas abrem contratações

Os empresários abriram diversos processos seletivos para contratação temporária

São Luís - A cidade de São Luís continua sem ônibus nesta terça-feira, 03. O Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA) mantém a orientação de paralisação total da frota de 1.100 coletivos de São Luís.

Desde 27 de maio, a capital maranhense está com 100% da frota parada, mesmo com a determinação do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA) de que pelo menos 70% da frota deve circular durante a greve e a declaração de que o movimento é ilegal.

Por dia, cerca de 750 mil pessoas deixam de ser transportadas.

Os jornais maranhenses amanheceram com anúncios do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) convocando motoristas e cobradores a voltar ao trabalho por força da ordem judicial, que considerou a greve dos rodoviários ilegal.

A entidade empresarial também divulgou nota na qual alega ter prejuízos há 10 anos. "Neste período, deixamos de adquirir 700 ônibus novos", diz a nota.

Além disso, os empresários abriram diversos processos seletivos para contratação temporária, com o intuito de substituir os grevistas que há 13 dias estão de braços cruzados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.