Sabesp aprova empréstimo de US$ 300 milhões do BID para despoluir Tietê

Contrato prevê carência de 6 anos, prazo de desembolso de 5 anos e meio, e prazo de amortização de 19 anos

São Paulo - Em reunião do conselho de administração realizada no último dia 10, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) aprovou a contratação de um financiamento de US$ 300 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos serão direcionados para a quarta etapa do programa de despoluição do rio Tietê.

O contrato prevê carência de 6 anos, prazo de desembolso de 5 anos e meio, e prazo de amortização de 19 anos. O prato total é de 25 anos. Os juros serão baseados na taxa Libor, e será paga uma comissão de crédito de até 0,75% sobre o saldo não desembolsado. Os pagamentos serão semestrais. A empresa terá que aplicar US$ 200 milhões no projeto em contrapartida, e a operação conta com a garantia da União.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.