RJ teve 3 assaltos a joalherias de shoppings desde 2ª

A ação mais violenta ocorreu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na segunda-feira.

Rio de Janeiro – Três assaltos e uma morte ocorreram em joalherias localizadas em shoppings no Rio de Janeiro desde o início da semana. A ação mais violenta ocorreu em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na segunda-feira. O chefe de segurança do Top Shopping morreu baleado por assaltantes, que roubaram dinheiro e joias de uma loja, no terceiro piso do estabelecimento. A Polícia Militar cercou o local, mas os criminosos fugiram. A joalheria é alvo frequente de assaltos, de acordo com a polícia. Os casos estão sendo investigados pela 52ª Delegacia de Polícia de Nova Iguaçu.

Na quarta-feira, policiais civis da 19ª Delegacia de Polícia da Tijuca (zona norte) prenderam José Marcos Silva Nascimento, de 22 anos, após o assalto a uma joalheria no Shopping Tijuca. Ele rendeu uma vendedora e levou um relógio avaliado em R$ 2 mil. O assaltante é morador da Favela Borda do Mato, no Grajaú, e não teria ligações com o tráfico, de acordo com investigadores da 19ª DP da Tijuca.

Na terça-feira, três criminosos assaltaram uma joalheria de Botafogo, na zona sul. De acordo com a polícia, eles se passaram por clientes e renderam os vendedores para roubar as joias, que estavam no cofre da loja. A Polícia Militar cercou o local e três homens foram levados para averiguações, mas os criminosos escaparam. As autoridades descartam que os roubos sejam investidas de facções criminosas do tráfico de drogas, por causa da ocupação de várias favelas cariocas pelas tropas das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP).

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.