Rio estuda implementar rodízio no centro da cidade

Por conta das obras na região portuária, que deixou trânsito travado no centro em certos horários, Prefeitura estuda implementar um rodízio como solução

São Paulo - Depois de um começo de semana difícil para o trânsito na região central do Rio de Janeiro, a prefeitura da cidade estuda implementar um rodízio de veículos na região. 

Em reunião ontem, o prefeito Eduardo Paes, o secretário de transportes, Alexandre Sansão e representantes da Concessionária Porto Novo começaram a discutir a possibilidade como forma de aliviar o trânsito na região portuária, que passa por grandes obras.

Nesta segunda-feira, entraram em vigor as modificações no trânsito por conta do fechamento do trecho da Avenida Rodrigues Alves, no final de semana.

A via está fechada para a demolição do último trecho do Elevado da Perimetral. Segundo a Prefeitura, a retirada de toda a estrutura de concreto deve durar até quatro meses.

O resultado foi trânsito acima da média o dia todo, o que levou o governo a pensar em soluções. Ainda não há uma decisão sobre se o rodízio será ou não a solução escolhida, mas foi uma das possibilidades levantadas. 

Segundo a prefeitura, o trecho interditado deve ser reaberto somente no segundo semestre do ano que vem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também