• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Rio de Janeiro tem cinco casos de variantes do novo coronavírus

São quatro casos da mutação P1 (oriunda de Manaus) e um da B1 (oriunda do Reino Unido), segundo a Secretária Estadual de Saúde
Rio de Janeiro: segundo o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental um dos três casos registrados na capital fluminense é de um dos pacientes vindos de Manaus que está internado no Rio (Getty Images/Andre Coelho)
Rio de Janeiro: segundo o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental um dos três casos registrados na capital fluminense é de um dos pacientes vindos de Manaus que está internado no Rio (Getty Images/Andre Coelho)
Por Agência BrasilPublicado em 17/02/2021 14:39 | Última atualização em 17/02/2021 14:39Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou hoje (17) que foram identificados cinco casos de variantes do novo coronavírus no estado, sendo quatro da variante P.1 da SARS-CoV-2, identificada inicialmente em Manaus, e um da variante britânica.

Segundo o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Mario Sérgio Ribeiro, um dos três casos registrados na capital fluminense é de um dos pacientes vindos de Manaus que está internado no Rio. Dois casos foram identificados em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e um em Petrópolis, na região serrana. “Não é possível dizer, neste momento, se são casos importados ou autóctones (transmissão local)”.

O secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves, descartou a adoção no momento de um lockdown (bloqueio) das atividades como medida para conter a transmissão dessas novas variantes. De acordo com Chaves, será feito o acompanhamento diário dos casos com a vigilância epidemiológica.

Chaves e o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, disseram que não haverá antecipação da segunda dose da vacina contra a covid-19 para os que já receberam a primeira dose, pois estão seguindo o Plano Nacional de Imunização.

A campanha para aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 na capital fluminense foi suspensa nesta quarta-feira por causa da falta de imunizantes na cidade.

Veja Também

Brasil tem média diária de 97 mortes por covid-19
Brasil
Há 12 horas • 2 min de leitura

Brasil tem média diária de 97 mortes por covid-19

Cresce suspeita de elo entre vírus de hepatite e covid-19
Ciência
Há 17 horas • 7 min de leitura

Cresce suspeita de elo entre vírus de hepatite e covid-19