Rio de Janeiro confirma quatro mortes por variante Delta do coronavírus

Como os exames que indicam o tipo de vírus são feitos por amostragem, não é possível afirmar que sejam os primeiros mortos por coronavírus causado por essa cepa no estado

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira, 22, que foram detectadas quatro mortes de pessoas infectadas pela variante Delta do coronavírus no Estado. Como os exames que indicam o tipo de vírus são feitos por amostragem, não é possível afirmar que sejam os primeiros mortos por coronavírus causado por essa cepa no estado, mas são os primeiros casos detectados pela secretaria.

A pandemia mexeu com a economia e os negócios no mundo todo. Aprenda a investir com a EXAME Academy

Conforme a pasta, as vítimas são uma mulher de 73 anos que morreu em Nova Iguaçu no dia 4 de julho, um homem de 50 anos que morreu em 5 de julho em Duque de Caxias, uma mulher de 43 anos que morreu em 10 de julho, também em Nova Iguaçu, e um homem de 53 anos morto em 14 de julho, cujo município de domicílio ainda está sendo investigado.

A prefeitura de Duque de Caxias também confirmou a morte do paciente de 50 anos. Informou que ele deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Beira Mar em 26 de junho e dois dias depois foi transferido para a UTI do hospital municipal Doutor Moacyr Rodrigues do Carmo, também em Caxias, onde acabou morrendo em 5 de julho. Segundo a prefeitura, o paciente tinha comorbidades e durante a internação apresentou febre, tosse e falta de ar. A tomografia de tórax apontou que 50% dos pulmões do paciente estavam comprometidos pela doença.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que está monitorando o cenário epidemiológico no estado, como número de atendimentos em UPAs, taxa de ocupação de leitos e resultado de testes para confirmação da covid-19. O sequenciamento do coronavírus não é um exame de rotina nem de diagnóstico - é feito como vigilância genômica, para identificar modificações sofridas pelo vírus SARS-CoV-2 no Estado e embasar políticas sanitárias.

  • Quer saber tudo sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 no Brasil e no Mundo? Assine a EXAME e fique por dentro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também