Brasil

Quando deve acabar o frio no Sul? Região registra temperaturas negativas

Porto Alegre registrou a menor temperatura do ano nesta segunda-feira, com os termômetros marcando 2,4°C

Frio: veja previsão das temperaturas (Cris Faga/NurPhoto/Getty Images)

Frio: veja previsão das temperaturas (Cris Faga/NurPhoto/Getty Images)

nIA Bot
nIA Bot

Ferramenta de inteligência artificial

Publicado em 1 de julho de 2024 às 13h45.

Nos últimos dias, uma intensa onda de frio tem causado uma queda significativa nas temperaturas nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. A previsão para os próximos dias aponta para a continuidade do clima frio, com temperaturas mínimas bastante baixas e a possibilidade de geadas em diversas regiões.

Veja previsões completas aqui.

Clima em Santa Catarina

Em Florianópolis, a semana começou com temperaturas mínimas em torno de 8°C e máximas que não devem ultrapassar os 25°C. Nos próximos dias, as mínimas continuarão baixas, com previsão de 10°C para amanhã e de 7°C na quarta-feira. A sensação térmica pode chegar a 5°C em alguns momentos, especialmente durante as madrugadas. A umidade relativa do ar ficará em torno de 71% a 90%, sem previsão de chuva significativa.

Clima no Rio Grande do Sul

Porto Alegre registrou a menor temperatura do ano nesta segunda-feira, com os termômetros marcando 2,4°C ao amanhecer e uma sensação térmica de 1,1°C. Para os próximos dias, a previsão indica uma leve elevação nas temperaturas, com mínimas variando entre 6°C e 13°C e máximas que podem alcançar até 19°C. A cidade deve permanecer sem chuva até quarta-feira, quando há uma pequena chance de precipitações leves.

Clima no Paraná

Em Curitiba, as temperaturas também estão bastante baixas. A mínima registrada hoje foi de 5°C, com máxima de 19°C. Para os próximos dias, a previsão aponta uma ligeira elevação nas temperaturas, com mínima de 5°C e máxima de 22°C na terça-feira. A umidade do ar deve variar entre 63% e 87%, e não há previsão de chuva significativa até o final da semana.

Vai chover no Rio Grande do Sul?

Os três estados têm apresentado boa qualidade do ar, com índices de pico de poluição variando de 20 a 42, considerados excelentes. Não há previsão de chuvas significativas em Santa Catarina e Paraná, com probabilidades de precipitação abaixo de 10% até a sexta-feira. No Rio Grande do Sul, há uma expectativa de pancadas de chuva a partir de quarta-feira, com uma probabilidade de 52% a 81% de precipitação até o sábado.

Quando acaba o frio na região Sul?

A massa de ar polar que causou essa queda brusca de temperatura deve perder força gradualmente ao longo da semana. Mesmo assim, é importante que a população tome medidas preventivas contra o frio, especialmente crianças e idosos, que são mais vulneráveis às baixas temperaturas. O uso de roupas adequadas, a hidratação constante e a manutenção de ambientes aquecidos são fundamentais para enfrentar esse período de frio intenso.

A previsão indica que o mês de julho ainda terá dias gelados e possíveis formações de geada, especialmente nas regiões serranas e de fronteira dos estados do Sul. Alternâncias entre dias frios e mais quentes podem ocorrer na segunda quinzena do mês, aumentando o risco de temporais devido às oscilações térmicas.

*Este conteúdo foi gerado automaticamente com o uso de inteligência artificial.

Acompanhe tudo sobre:Clima

Mais de Brasil

Ramagem diz que Bolsonaro autorizou gravação de reunião no Planalto sobre investigação de Flávio

Lira diz que investigação contra Ramagem é 'grave', mas indica não ver punição pelo Conselho

Veja transcrição e áudio da reunião entre Bolsonaro e Ramagem sobre investigação de Flávio

Brasil chama embaixador em Buenos Aires para discutir relação com governo Milei

Mais na Exame