• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

Proporção de pessoas em idade ativa terá maior nível em 2022

O ano de 2022 poderá ser considerado o melhor momento demográfico do país, em termos econômicos

	População brasileira: segundo IBGE, país alcançará em 2022 a maior proporção de pessoas em idade ativa (entre 15 e 64 anos)
 (Foto: Abr)
População brasileira: segundo IBGE, país alcançará em 2022 a maior proporção de pessoas em idade ativa (entre 15 e 64 anos) (Foto: Abr)
Por Vitor AbdalaPublicado em 29/08/2013 11:50 | Última atualização em 29/08/2013 11:50Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Rio de Janeiro - O ano de 2022 poderá ser considerado o melhor momento demográfico do país, em termos econômicos. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse será o momento em que o país alcançará a maior proporção de pessoas em idade ativa (entre 15 e 64 anos) em relação à população total.

A razão de dependência da população, isto é, a quantidade de habitantes em idade não ativa (abaixo de 15 anos e acima de 64 anos) que é sustentada por 100 pessoas em idade ativa, é 46 neste ano. Em 2022, a razão chegará ao menor nível: 43,3. Em 2060, a razão será 65,9.

O processo que será verificado até 2022, de redução da razão de dependência, é chamado de “bônus demográfico” ou “janela de oportunidade”, pois proporciona ao país menos pessoas a serem sustentadas.