Copa levou 10 milhões de pessoas a 20 aeroportos

O transporte aéreo operou normalmente durante toda a Copa no Brasil apesar do forte aumento do trânsito de aviões e da demanda de passageiros, segundo Anac

Rio de Janeiro - Cerca de 10 milhões de passageiros passaram pelos 20 principais aeroportos brasileiros durante os 31 dias da Copa do Mundo, que termina neste domingo, no Rio de Janeiro, com a final entre Argentina e Alemanha, de acordo com o Ministério do Turismo.

O transporte aéreo operou normalmente durante toda a competição no Brasil apesar do forte aumento do trânsito de aviões e da demanda de passageiros, segundo números da secretaria de Aviação Civil citados no portal do governo.

O avião se tornou o principal meio de transporte dos turistas no Mundial devido às dimensões territoriais do país. As cidades mais visitadas pelos turistas durante a competição foram Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, quatro das 12 cidades-sedes do torneio.

Mas algumas cidades localizadas próximas às sedes também se beneficiaram com o aumento do fluxo de turistas, como Morro de São Paulo, a 248km de Salvador, que recebeu seis mil pessoas no último mês, principalmente alemães, holandeses, espanhóis, argentinos, americanos e costarriquenhos.

Outra cidade cujo fluxo aumentou significativamente foi Santa Cruz de Cabralia, no sul da Bahia, onde a seleção da Alemanha montou sua base durante a competição e que, por dispor de atrativas praias, conseguiu uma taxa recorde de 85% de ocupação hoteleira nas últimas semanas.

O ministro de Turismo, Vinícius Lages, afirmou que a Copa do Mundo se tornou em uma excelente oportunidade para ampliar a visibilidade do país no exterior e estimular o crescimento do turismo interno.

'Após o Mundial, podemos ampliar em 20% o número de visitantes estrangeiros graças a essa exposição positiva da imagem do Brasil no exterior', disse em declarações divulgadas pelo site do governo.

Segundo dados divulgados pela Polícia Federal no sábado, o número de turistas recebidos pelo Brasil durante a Copa do Mundo superou as melhores expectativas, inclusive as do governo, que esperava 600 mil estrangeiros nos 31 dias de competição.

Apenas no mês de junho, quando foi disputada a fase de grupos do torneio, o país recebeu 692 mil visitantes estrangeiros de 203 nacionalidades.

Esse número superou em 132% o do mesmo período de 2013, quando 298.156 estrangeiros ingressaram, e também bateu os 310 mil que acompanharam a edição anterior da Copa do Mundo, na África do Sul, em 2010. EFE

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.