Prefeitura de SP reprova ação da polícia na Cracolândia

Segundo nota, administração municipal foi surpreendida pela "ação policial repressiva realizada"

São Paulo - Em nota, a prefeitura de São Paulo disse que "repudia" o tipo de intervenção feito por policiais do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), da Policia Civil, na região da Cracolândia na tarde desta quinta-feira, 23. "A administração municipal foi surpreendida pela ação policial repressiva realizada", diz a nota da secretaria de comunicação da prefeitura.

"A Prefeitura repudia esse tipo de intervenção, que fez uso de balas de borracha e bombas de efeito moral contra uma multidão formada por trabalhadores, agentes públicos de saúde e assistência e pessoas em situação de rua, miséria, exclusão social e grave dependência química", continuam. A nota faz questão de frisar que a "Operação de Braços Abertos", da Prefeitura de São Paulo para dependentes na região, é uma "política pública municipal pactuada com o governo estadual, que preconiza a não-violência e na qual a prisão de traficantes deve ser feita sem uso desproporcional de força".

O texto ressalta ainda que agentes da prefeitura trabalham há seis meses para conquistar a confiança e obter a colaboração das pessoas atendidas. "A administração reafirma seu empenho na solução deste problema da cidade e manifesta sua preocupação com este tipo de incidente, que pode comprometer a continuidade do programa. E expressou essa posição diretamente ao Governo do Estado."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.