A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Prefeitura de SP estuda possível transmissão comunitária da variante Delta

O paciente que contraiu a variante apresentou os primeiros sintomas em 19 de junho e não tem histórico de viagens ao exterior ou contato com viajantes

A Prefeitura de São Paulo considera a possibilidade de transmissão comunitária da variante Delta do coronavírus, segundo nota enviada à imprensa pela Secretaria Municipal da Saúde. A dúvida persiste porque a origem da infecção pela cepa identificada em um homem de 45 anos não foi confirmada.

"Dessa forma, pode-se considerar a possibilidade de transmissão comunitária da variante no município", diz o comunicado.

O paciente que contraiu a variante apresentou os primeiros sintomas em 19 de junho e não tem histórico de viagens ao exterior ou contato com viajantes. Parentes também foram testados, mas a cepa não foi identificada.

A variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia, tem colocado autoridades sanitárias em alerta pelo alto grau de transmissibilidade. Até o momento, porém, estudos indicam que as vacinas contra covid-19 utilizadas no País oferecem proteção à cepa, ainda que, possivelmente em menor grau.

Tudo sobre ciência, Covid-19 e vacinas em um só lugar. Assine a EXAME.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também