Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Por coronavírus, Vale pode parar?; WEG abre nova fábrica; Disney fechada

Vale: o risco do coronavírus

Em comunicado divulgado na noite desta quinta-feira, 12, a Vale informa que pode enfrentar dificuldades operacionais relacionadas à força de trabalho por conta da pandemia do coronavírus. “Podemos ter que vir a adotar medidas de contingência ou eventualmente suspender operações”, diz a companhia, ressaltando que, até o momento, não sofreu qualquer impacto material ou teve qualquer funcionário infectado pela doença. De acordo com a empresa, parte significativa da sua receita vem de clientes da Ásia e da Europa (63,3% e 13,8% da receita em 2019, respectivamente). A Vale lembra que depende “de uma extensiva cadeia de logística e de fornecedores, incluindo diversos portos, centros de distribuição e fornecedores que tem operações nas regiões afetadas”. Internamente, a empresa criou um comitê de crise e implementou trabalho remoto em países muito afetados pela doença.

WEG abrirá nova fábrica no México

A catarinense WEG, de motores elétricos e automação, vai erguer a sua 44ª unidade fabril no mundo, dessa vez no México, segundo informa a coluna Primeiro Lugar, da EXAME. A nova fábrica de tintas industriais será construída em Atotonilco de Tula, Estado de Hidalgo. O objetivo é abastecer não só o mercado local, mas também exportar, futuramente, para os Estados Unidos. Com previsão de começar a operar ao final de abril, a fábrica terá capacidade para produzir 200 toneladas de tintas em pó e 100 mil litros de tintas líquidas por mês. “Estamos investindo em tecnologia avançada para fazer frente ao mercado”, afirma Reinaldo Richter, diretor superintendente da Unidade Tintas da WEG. A empresa não revela o valor do investimento, que virá de capital próprio.

Petrobras reduzirá preço do diesel e gasolina

A estatal Petrobras informou a clientes que reduzirá os preços do diesel e da gasolina nas refinarias, em movimento que vem após queda nas cotações do petróleo no mercado internacional, disseram à agência Reuters a consultoria e corretora FCStone e a associação de importadores de combustível Abicom. O diesel terá redução de 0,125 real por litro, enquanto o preço da gasolina cairá em 0,16 real por litro, ainda de acordo com a consultoria e a associação, que não especificaram quando os novos preços entram em vigor. A Petrobras anuncia seus reajustes um dia antes da entrada em vigor dos novos valores.

PF faz buscas na sede do IRB 

A Polícia Federal realizou nesta quinta-feira operação de buscas na sede da resseguradora IRB Brasil RE, em São Paulo. As buscas fazem parte da operação Suitcase, e estão relacionadas à delação premiada de duas pessoas que citaram o ex-vice-presidente executivo do IRB, Fernando Passos. O caso em investigação se refere ao período em que Passos foi diretor do Banco do Nordeste. As buscas também ocorreram em Fortaleza, no Ceará. Em nota, o IRB afirma que a operação da PF não tem relação com a empresa. As ações do IRB caíram 75% desde janeiro, o que levou à renúncia do presidente da companhia, José Cardoso, e do vice-presidente Fernando Passos.

Azul e Latam reduzem voos internacionais

As companhias aéreas Azul e Latam reduziram sua oferta de voos internacionais em 30%, incluindo os saindo do Brasil. As empresas tomaram a decisão em meio à baixa na demanda dos passageiros em virtude dos casos de coronavírus. A Azul também divulgou na quinta-feira seus resultados de 2019, com lucro de 823,7 milhões de reais no ano, revertendo prejuízo de 2018. O faturamento subiu 26%, para 10,9 bilhões de reais. A companhia também suspendeu as projeções de resultados que tinha para este ano, mas informou que está preparada e tem caixa para enfrentar a crise. Apesar do bom resultado, a ação da empresa fechou o pregão em queda de 35,21%.

Brasil: 79 casos

O Brasil tem 79 casos de coronavírus, segundo informou nesta tarde o Ministério da Saúde. No balanço anunciado na parte da manhã, o total de pessoas infectadas era 60. O aumento se deu sobretudo em São Paulo e no Rio de Janeiro, estados foco do vírus no país. No primeiro, os casos confirmados saíram de 30 para 42 entre os dois balanços de hoje. Já no Rio, aumentaram de 13 para 16. Pernambuco identificou dois casos e pela primeira vez aparece na lista do Ministério da Saúde. Paraná (seis), Minas Gerais (um), Distrito Federal (dois), Rio Grande do Sul (quatro),  Alagoas (um), Espírito Santo (um) também tem casos confirmados. Os casos suspeitos saltaram de 930 para 1.422, um aumento de 50% em menos de um dia. Após empresas como a corretora XP e a siderúrgica CSN, a fabricante de cosméticos Natura também anunciou na quinta-feira seu primeiro caso entre funcionários, em São Paulo.

Guedes: “R$ 10 bi para coronavírus”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira que o momento é de manter serenidade e, sobre a disputa envolvendo a alocação de recursos no Orçamento impositivo, disse que um entendimento foi buscado para que 5 bilhões de reais sejam direcionados a ações de enfrentamento a coronavírus e outros 5 bilhões de reais a fundo de emergência também destinado ao combate do surto. “Rapidamente os dois lados (Executivo e Legislativo) perceberam isso, lançaram as pontes, o entendimento começa de novo e eu acho que vamos resolver isso”, disse Guedes. “Nós temos capacidade de enfrentar qualquer exacerbação indevida da crise, toda essa ansiedade no mercado de câmbio, mercado de ações. Os efeitos são naturais, naturais no sentido de crise, quando há crise grave, todo mundo começa a se movimentar”, disse a jornalistas ao chegar ao Ministério da Economia.

Disney fechada

O parque de diversões Disneylândia, um dos mais populares da Califórnia, fechará suas portas ao público a partir do próximo sábado, como medida de precaução diante do novo surto de coronavírus nos Estados Unidos, informou um porta-voz nesta quinta-feira, 12. “Embora não tenhamos sido informados de nenhum caso de Covid-19 no Disneyland Resort, apenas examinamos as diretrizes da ordem executiva do governador da Califórnia”, que recomenda suspender todos os eventos com mais de 250 pessoas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.