PIB do Brasil cresce 4,6% em 2021 e recupera perdas da pandemia

Em 2021 como um todo, a economia registrou expansão de 4,6%, depois de encolher 3,9% em 2020, taxa recorde da série histórica iniciada em 1996
 (Amanda Perobelli/Reuters Business)
(Amanda Perobelli/Reuters Business)
Por ReutersPublicado em 04/03/2022 09:27 | Última atualização em 04/03/2022 11:25Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil teve crescimento acima do esperado no quarto trimestre e recuperou em 2021 as perdas da pandemia de covid-19.

Em 2021 como um todo, a economia registrou expansão de 4,6%, depois de encolher 3,9% em 2020, taxa recorde da série histórica iniciada em 1996.

Entre outubro e dezembro, o PIB subiu 0,5% em relação aos três meses imediatamente anteriores, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o PIB apresentou alta de 1,6% no quarto trimestre de 2021, vindo dentro das estimativas coletadas pelo Projeções Broadcast, que variavam de uma elevação de 0,5% a 2,5%, com mediana positiva de 1,2%.

Ainda segundo o instituto, o PIB do quarto trimestre de 2021 totalizou R$ 2,3 trilhões. No ano de 2021, o PIB somou R$ 8,7 trilhões.

O PIB da agropecuária subiu 5,8% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro trimestre de 2021. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o PIB da agropecuária mostrou queda de 0,8%, segundo o IBGE. No ano de 2021, o PIB da agropecuária caiu 0,2% ante 2020.

pib pela demanda

(Necton/Reprodução)

O Produto Interno Bruto da indústria caiu 1,2% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro trimestre. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o PIB da indústria mostrou queda de 1 3%. No ano de 2021, o PIB da indústria subiu 4,5% ante 2020.

Já o PIB de serviços subiu 0,5% no quarto trimestre de 2021 ante o trimestre anterior. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o PIB de serviços mostrou alta de 3,3%. No ano passado, o PIB de serviços subiu 4,7% ante 2020.

O consumo das famílias subiu 0,7% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro trimestre de 2021, de acordo com o IBGE. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o consumo das famílias mostrou alta de 2,1%. No ano de 2021, o consumo das famílias subiu 3,6% ante 2020.

pib pela oferta

(Necton/Reprodução)

O consumo do governo, por sua vez, subiu 0,8% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro trimestre. Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o consumo do governo mostrou alta de 2 8%. No ano de 2021, o consumo do governo subiu 2% ante 2020.

FBCF-

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) subiu 0,4% no quarto trimestre de 2021 ante o terceiro trimestre de 2021. Os dados foram divulgados pelo IBGE, que anunciou nesta sexta os resultados das Contas Nacionais Trimestrais.

Na comparação com o quarto trimestre de 2020, a FBCF mostrou alta de 3,4%. No ano de 2021, a FBCF subiu 17,2% ante 2020. Segundo o instituto, a taxa de investimento (FBCF/PIB) de 2021 ficou em 19,2%.