PF investiga venda de suposta vacina contra covid-19 em Niterói

Testes estão sendo desenvolvidos ao redor do mundo, mas, até o momento, não há registro de vacina com eficácia comprovada

Na manhã desta-quinta-feira, 8, agentes da Polícia Federal fizeram buscas em uma empresa do ramo hospitalar sediada no centro de Niterói, na região metropolitana do Rio, no âmbito de uma investigação aberta para apurar a venda irregular de doses de uma suposta vacina contra a covid-19.

Os testes de imunizantes vêm sendo desenvolvidos por diferentes laboratórios ao redor do mundo, mas, até o momento, não há registro de vacina com eficácia comprovada para combater o novo coronavírus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta semana que espera a conclusão de uma vacina até o final do ano.

Segundo a corporação, a empresa investigada, que não teve o nome divulgado, não possui qualquer tipo de autorização ou de convênio com as autoridades sanitárias ou laboratórios desenvolvedores para atuar no processo de desenvolvimento ou comercialização do imunizante.

"A suspeita é de que os responsáveis aproveitavam-se do período de pandemia para criar a ilusão de que já possuiriam a vacina sem que isso fosse a realidade, perpetuando assim a fraude", informou a Polícia Federal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.