PF cumpre 8 mandatos de prisão por propina nos transportes no RJ

Ação faz parte de investigação sobre um esquema de corrupção que teria pago pelo menos 260 milhões de reais em propina a autoridades estaduais

Rio de Janeiro - A Polícia Federal deflagrou operação nesta segunda-feira para cumprir oito mandados de prisão como parte de investigação sobre um esquema de corrupção envolvendo empresas de ônibus do Estado do Rio de Janeiro, que teriam pago pelo menos 260 milhões de reais em propina a autoridades estaduais.

De acordo com a Globonews, foram expedidos nove mandados de prisão pela Justiça, sendo que um deles foi cumprido na noite de domingo, quando a PF prendeu o empresário Jacob Barata Filho no aeroporto internacional do Galeão quando ele esperava para embarcar em um voo para Portugal.

Ele é filho do empresário Jacob Barata, considerado o mais importante do ramo de transportes rodoviários do Rio de Janeiro e com negócios em vários segmentos. Jacob Barata é conhecido também como o "Rei do Ônibus".

As investigações da operação deflagrada nesta segunda-feira, um desdobramento da Lava Jato no Rio, rastrearam pagamento de propina no valor de ao menos 260 milhões de reais pelos investigados a políticos do Estado, de acordo com a Globonews.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.