Brasil

País cria 583.886 empregos com carteira no 1º trimestre

Foram menos vagas do que o mesmo período em 2010, que gerou 657.259 oportunidades profissionais

A meta governamental em 2011 é atingir 3 milhões de novos empregos com carteira assinada (Daniela de Lamare)

A meta governamental em 2011 é atingir 3 milhões de novos empregos com carteira assinada (Daniela de Lamare)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de abril de 2011 às 14h30.

Brasília - O total de empregos criados com carteira assinada no País em março foi de 92.675, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em março do ano passado, haviam sido criadas 266.415 vagas formais.

O ministério informou que, com a contabilização das declarações entregues pelas empresas fora do prazo, o resultado do primeiro bimestre deste ano passou para 491.211 vagas. Dessa forma, no acumulado do primeiro trimestre de 2011 foram geradas 583.886 vagas formais, resultado também inferior as 657.259 vagas criadas no mesmo período do ano passado. A meta do governo para este ano é atingir 3 milhões de novos empregos com carteira assinada.

Acompanhe tudo sobre:América LatinaDados de BrasilEmpregosGovernovagas-de-emprego

Mais de Brasil

Convidado para o PL, Tarcísio nega interesse em mudar partido: 'Estou confortável no Republicanos'

Pesquisa prefeito Rio: Paes tem 49% e Ramagem, 13%, diz Quaest

Chuvas no RS revelam sítio arqueológico ocupado há cerca de dez mil anos; veja fotos

Mais na Exame