Pacheco: Senado comunicou que é possível reajuste de 5% a servidor

Segundo o presidente, a Casa Civil pediu uma manifestação do Legislativo sobre o aumento para o funcionalismo público
 (Marcos Brandão/Agência Senado)
(Marcos Brandão/Agência Senado)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 12/05/2022 13:27 | Última atualização em 12/05/2022 13:30Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) disse que o Senado comunicou ao Executivo que é possível reajuste linear de 5% para os servidores da Casa. Segundo o presidente, a Casa Civil pediu uma manifestação do Legislativo sobre o aumento para o funcionalismo público. Como o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) antecipou, o governo estuda um reajuste linear de 5% para todos os servidores.

Nesta quinta-feira, Pacheco disse ainda que a reestruturação de carreiras dos magistrados passa por limitação de altos salários, em discussão em projeto em tramitação na Casa.

Tenha acesso agora a todos materiais gratuitos da EXAME para investimentos, educação e desenvolvimento pessoal.

Teto de gastos

Também nesta quinta-feira, um dia depois de o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à eleição, dizer que acabará com o teto de gastos se for eleito, o presidente do Senado reafirmou a importância da regra que limita o crescimento das despesas públicas à inflação.

"Reafirmo importância do teto de gastos. Discursos e ações que falam em acabar com o teto têm de ser revistos", afirmou Pacheco.

(Estadão Conteúdo)