A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Ônibus da zona leste da capital paulista voltam a circular

Funcionários reivindicam o pagamento de participação nos lucros e resultado que deveria ter sido feito até o último sábado, segundo o sindicato

São Paulo - Terminou por volta das 10h30, a greve dos motoristas e cobradores da Viação Itaquera Brasil que interrompeu as atividades em 21 linhas da zona leste da capital paulista na manhã de hoje (4).

De acordo com a São Paulo Transportes (SPTrans), o Plano de Atendimento entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), que disponibiliza ônibus extras para casos como esse, continuará ativado até que a situação seja completamente normalizada. A empresa atende diariamente a uma média de 200 mil passageiros.

O Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano (Sindmotoristas) informou que a paralisação ocorreu porque funcionários da empresa não receberam duas quinzenas de horas extras.

Além disso, eles reivindicam o pagamento de participação nos lucros e resultado (PLR), no valor de R$ 800, que deveria ter sido feito até o último sábado (31), segundo o sindicato. Representantes dos trabalhadores continuam reunidos com diretores da empresa.

A greve dos trabalhadores da empresa Oak Tree, no entanto, não foi suspensa e continua afetando a zona oeste da capital. As atividades em nove linhas foram suspensas no dia 31, também em razão de reivindicações trabalhistas.

Segundo a prefeitura, o Paese foi acionado e 45 ônibus foram postos em circulação para amenizar o prejuízo da suspensão da atividade de 83 veículos. A multa aplicada pela SPTrans pela não prestação do serviço, que já completa quatro dias, chega a R$ 46 mil. Aproximadamente 42 mil pessoas são afetadas por essa greve.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também