Oktoberfest de SC será adiada ou cancelada: Entenda

Em Blumenau, sede do evento, foi registrado aumento de 160% do casos após a reabertura do comércio; a cidade é a 2ª mais afetada pelo coronavírus no estado

Em entrevista à rádio CBN Diário nesta quinta-feira (30), o secretário municipal de Turismo e Lazer e presidente do Parque Vila Germânica, Marcelo Greuel, afirmou que a Oktoberfest 2020 em Blumenau não vai ocorrer na data prevista.

Inicialmente marcada entre os dias 7 e 25 de outubro, a 37ª edição da festa mais tradicional do estado poderá ser adiada ou cancelada devido à pandemia de coronavírus no Brasil. O posicionamento oficial das autoridades deve sair em maio.

“Estamos avaliando diversos cenários que mudam a cada dia. São informações de um pico ainda por vir. Temos analisado os números de forma cautelosa para poder tomar uma decisão. Temos o prazo até 15, 20 de maio para nos posicionarmos em relação a uma nova data. É certo que vai ser uma nova data", declarou Greuel, que afirma que a decisão será tomada de acordo com as recomendações dadas pela área da saúde.

O número de casos em Blumenau mais que dobrou depois da reabertura do comércio, em 13 de abril. Na data, eram 68 infectados contra 177 registrados na última terça-feira (28), apontando um crescimento de 160% dos casos na cidade.

Após um decreto estadual que permitiu que as lojas abrissem as portas desde que tomadas as devidas medidas de segurança - como proibição de prova de mercadorias e a obrigação de uso de máscaras pelos funcionários - a circulação de pessoas nos centros comerciais aumentou significativamente. Na quarta-feira (22), na reabertura do shopping Neumarkt, foi possível ver em um vídeo gravado, uma fila de pessoas (em sua maioria idosos), aglomerados para entrar no centro comercial. A Vigilância Sanitária da cidade notificou o estabelecimento por não garantir o distanciamento de 1,5 metro entre os clientes.

Oktoberfest alemã

Diferente do Brasil, a Alemanha se posicionou em definitivo e decidiu não realizar a maior festa da cerveja do mundo em 2020. Embora o início da Oktoberfest de Munique só estivesse previsto para 19 de setembro, Markus Söder, o primeiro-ministro do Estado da Baviera, declarou na terça-feira (21) que o festival não será realizado este ano. "Analisando a atual situação, não consigo imaginar que um evento tão grande seja viável nessa altura", disse Söder.

O prefeito de Munique, Dieter Reiter, também lamentou o cancelamento, mas explicou que a “maior festa popular do mundo” não teria como ser realizada. “Nós recebemos em torno de dois milhões de visitantes estrangeiros, temos um festival no qual as pessoas se sentam perto umas das outras.” Na Alemanha, outros eventos do segundo semestre também foram cancelados para evitar aglomerações; entre eles, a Maratona de Berlim, que estava marcada para 27 de setembro. A decisão das autoridades alemãs é de que enquanto não houver uma vacina ou remédio contra o vírus, o cuidado deve ser redobrado. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.