Temer congela acordos com empresas da Lava Jato, diz Folha

Governo de Temer pretende suspender negociações com empreiteiras investigadas na Lava Jato até a definição de um marco legal para sustentar acordos de leniência

O presidente interino Michel Temer deve suspender as negociações realizadas pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff com empreiteiras investigadas na operação Lava Jato até a definição de um marco legal para sustentar acordos de leniência, segundo o jornal Folha de S.Paulo desta terça-feira.

A gestão interina estuda tratar os acordos de leniência no modelo de projeto de lei, em vez de medida provisória, como vinha sendo adotado por Dilma e que recebeu críticas do Ministério Público.

A MP editada pelo governo petista perde a validade no fim do mês, enquanto um projeto de lei só entra em vigor após ser aprovado no Congresso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.