Diante de protestos, Dilma fará pronunciamento à nação

A mensagem presidencial vai ao ar em cadeia nacional de rádio e TV às 21h

	Dilma se reuniu hoje com ministros, entre eles José Eduardo Cardozo, da Justiça, para avaliar as manifestações, que ontem (20) chegaram a reunir 1 milhão de pessoas em várias cidades do país
 (Evaristo Sa/AFP)
Dilma se reuniu hoje com ministros, entre eles José Eduardo Cardozo, da Justiça, para avaliar as manifestações, que ontem (20) chegaram a reunir 1 milhão de pessoas em várias cidades do país (Evaristo Sa/AFP)
Por Luana LourençoPublicado em 21/06/2013 22:11 | Última atualização em 21/06/2013 22:11Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff fará um pronunciamento à nação em cadeia nacional de rádio e TV para falar sobre a série de manifestações e protestos pelo país. A mensagem presidencial vai ao ar às 21h.

Dilma se reuniu hoje (21) pela manhã com ministros, entre eles José Eduardo Cardozo, da Justiça, para avaliar o andamento das manifestações, que ontem (20) chegaram a reunir 1 milhão de pessoas em várias cidades do país.

A presidenta também conversou com governadores ao longo do dia e vai receber representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Além das manifestações, na mensagem, Dilma deve falar aos brasileiros sobre a Copa das Confederações.