Brasil

MP de Contas pede bloqueio de bens de Bolsonaro, Ibaneis e Anderson Torres

Presidente da Corte de contas, Bruno Dantas, também pediu o bloqueio de contas dos demais responsáveis, como os financiadores que forem identificados por atos ilegais

Jair Bolsonaro, Brazil's president, before the last televised presidential debate at the O Globo studios in Rio de Janeiro, Brazil, on Thursday, Sept. 29, 2022. The real and local stocks tumbled this week, while swap rates soared after a series of polls showed that Luiz Inacio Lula da Silva may get an outright victory in the first round, avoiding the need for a run-off. Photographer: Andre Borges/Bloomberg via Getty Images (Andre Borges/Getty Images)

Jair Bolsonaro, Brazil's president, before the last televised presidential debate at the O Globo studios in Rio de Janeiro, Brazil, on Thursday, Sept. 29, 2022. The real and local stocks tumbled this week, while swap rates soared after a series of polls showed that Luiz Inacio Lula da Silva may get an outright victory in the first round, avoiding the need for a run-off. Photographer: Andre Borges/Bloomberg via Getty Images (Andre Borges/Getty Images)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 10 de janeiro de 2023 às 15h06.

Última atualização em 10 de janeiro de 2023 às 15h15.

O subprocurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MPTCU) pediu nesta terça-feira, 10, o bloqueio de bens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), do governador afastado do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) e do ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal Anderson Torres.

Em ofício enviado ao presidente da Corte de contas, Bruno Dantas Furtado cita os atos de vandalismo ocorridos em Brasília no último domingo, 8, e os danos provocados ao erário federal. Ele também pediu o bloqueio de contas dos demais responsáveis, como os financiadores que forem identificados por atos ilegais.

"Em razão de processo de Tomada de Contas e do vandalismo ocorrido no Distrito Federal no dia 8 de janeiro de 2023, que provocou inúmeros prejuízos ao erário federal, solicito que seja decretada a indisponibilidade de bens", diz Furtado no ofício.

LEIA TAMBÉM:

Acompanhe tudo sobre:Alexandre PadilhaJair BolsonaroTCU

Mais de Brasil

Convenção para oficializar chapa Boulos-Marta em SP terá Lula e 7 ministros do governo

Convenção do PRTB e disputas judiciais podem barrar Pablo Marçal na disputa em SP; entenda

TSE divulga perfil do eleitor que vai às urnas em outubro; veja qual é

Brasil terá mais de 155 milhões de eleitores nas eleições municipais de 2024

Mais na Exame