Motoristas de ônibus entram em greve em São Paulo

Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), uma das companhias, a Viação Sambaíba, já voltou a operar

Quem precisou sair muito cedo de casa hoje (17), nos bairros mais extremos das zonas norte e leste da cidade de São Paulo, enfrentou dificuldades por causa da greve de motoristas que atinge as linhas operadas por três empresas.

A Agência Brasil entrou em contato com o Sindicato da categoria para saber os motivos da paralisação, mas não obteve retorno.

Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), uma das companhias, a Viação Sambaíba, já voltou a operar. Essa empresa é responsável por 53 linhas na zona norte e tem 460 ônibus.

Permanecem parados os empregados das empresas Vip Imperador, que atende 27 linhas,  e a Viação Expandir, na região do Brás, próximo ao centro da cidade. Ambas retiraram das ruas 474 ônibus.

A SPTrans informou que foi acionado o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), colocando à disposição dos usuários 105 coletivos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também