Marinha reboca navio encalhado há 3 meses no MA com minério

Depois de voltar a flutuar, o navio foi rebocado para uma área de águas mais profundas, a 60 quilômetros da costa maranhense
Navio: embarcação estava encalhada na costa maranhense há três meses (Ricardo Salles/Ministério do Meio Ambiente/Divulgação)
Navio: embarcação estava encalhada na costa maranhense há três meses (Ricardo Salles/Ministério do Meio Ambiente/Divulgação)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 04/06/2020 21:45 | Última atualização em 04/06/2020 20:56Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A operação de reflutuação do navio Stellar Banner, que encalhou há três meses na costa do Maranhão durante transporte de minério de ferro da Vale para a China, foi concluída ontem, 03, informou a Marinha do Brasil.

Depois de voltar a flutuar, o navio foi rebocado para uma área de águas mais profundas, a 60 quilômetros da costa maranhense, a fim de realizar inspeções estruturais que irão determinar o destino do navio.

O navio patrulha Guanabara da Marinha está participando da operação monitorando as manchas de óleo, para reduzir possíveis danos ao meio ambiente.

A flutuação foi possível após a retirada, em abril, de cerca de 145 mil toneladas de minério de ferro que estavam sendo transportados pelo navio sul-coreano contratado pela Vale. Na época, também foram retirados 3,9 mil metros cúbicos de óleo da embarcação.