Lula vai a posse de Moraes no TSE e pode se encontrar com Bolsonaro

O petista confirmou sua presença ao TSE nesta segunda-feira, 18
Evento pode marcar o primeiro encontro entre Luiz Inácio Lula da e presidente Jair Bolsonaro (EVARISTO SA/AFP/Getty Images)
Evento pode marcar o primeiro encontro entre Luiz Inácio Lula da e presidente Jair Bolsonaro (EVARISTO SA/AFP/Getty Images)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 15/08/2022 às 17:50.

O ministro Alexandre de Moraes toma posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral em sessão solene que será realizada na noite desta terça-feira, 16. A cerimônia, que também empossará o ministro Ricardo Lewandowski como vice-presidente da Corte, pode marcar o primeiro encontro entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2022.

O petista confirmou sua presença ao TSE nesta segunda-feira, 18. Bolsonaro recebeu o convite para o evento das mãos de Alexandre de Moraes na semana passada. Lula foi convidado para o evento na condição de ex-chefe de Estado. A ex-presidente Dilma Rousseff também confirmou presença no evento.

Alvo de ataques de Bolsonaro e de sua base aliada, Alexandre de Moraes vai suceder o ministro Edson Fachin na presidência do TSE. Ele e Lewandowski foram eleitos para os cargos no dia 14 de junho e vão conduzir as eleições 2022.

Há meses Alexandre dá sinais de como será sua atuação à frente da Corte eleitoral. Em maio, destacou por exemplo que a Justiça Eleitoral vai garantir que cada voto das eleições 2022 não vai sofrer coação de milícias digitais.

Veja também: 

Roda Viva recebe Ciro Gomes na segunda-feira, 15; onde assistir ao vivo e horário

STF manda Bolsonaro e governadores detalharem medidas contra varíola dos macacos