Brasil

Lula oficializa nomeação de Lewandowski para o Ministério da Justiça

Ministro aposentado sucederá Flávio Dino, que será empossado ministro do STF em fevereiro

Ricardo Lewandowski, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) (Rosinei Coutinho/SCO/STF/Agência Brasil)

Ricardo Lewandowski, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) (Rosinei Coutinho/SCO/STF/Agência Brasil)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 22 de janeiro de 2024 às 18h19.

Última atualização em 22 de janeiro de 2024 às 18h27.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva oficializou nesta segunda-feira a nomeação de Ricardo Lewandowski para o comando do Ministério da Justiça a partir de 1º de fevereiro. O ato foi publicado no "Diário Oficial da União".

Ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), Lewandowski foi anunciado por Lula como novo chefe da pasta em 11 de janeiro. Ele sucederá Flávio Dino, que será empossado ministro do STF em fevereiro.

O novo ministro foi anunciado e já começou a montar sua equipe. Ele convidou o procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Mário Luiz Sarrubbo, para assumir a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) — área que garantiu ser sua prioridade. Sarrubbo é próximo do ministro do STF Alexandre de Moraes.

Lewandowski tem mantido contato direto com Dino para tratar das mudanças no ministério.

Acompanhe tudo sobre:Luiz Inácio Lula da SilvaRicardo LewandowskiSupremo Tribunal Federal (STF)Ministério da Justiça e Segurança PúblicaFlávio Dino

Mais de Brasil

Roberto Jefferson paga R$ 40 mil à PF por conserto de viatura que atingiu com 42 tiros

Brasil inclui luta contra racismo pela 1ª vez na agenda do G20

AliExpress e Shopee antecipam data de taxação de compras de até US$ 50; veja quando passa a valer

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Mais na Exame