Brasil
Acompanhe:

Lula fará exames na garganta neste domingo e depois segue para Brasília

Ontem, em coletiva à imprensa, Lula havia dito que os exames seriam realizados neste sábado, mas reforçou que a garganta "estava melhorando"

Após a realização de exames, conforme a assessoria, Lula seguirá para Brasília (Horacio Villalobos/Getty Images)

Após a realização de exames, conforme a assessoria, Lula seguirá para Brasília (Horacio Villalobos/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 3 de dezembro de 2022, 12h22.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fará neste domingo, 4, em São Paulo, exames para verificar as condições de sua garganta. No dia 20 de novembro, Lula passou por uma laringoscopia no Hospital Sírio-Libanês para retirar uma lesão benigna da garganta, chamada leucoplasia.

Ontem, em coletiva à imprensa, Lula havia dito que os exames seriam realizados neste sábado, mas reforçou que a garganta "estava melhorando". Por mudanças médicas, de acordo com a assessoria do presidente eleito, os procedimentos, considerados "simples", foram transferidos para amanhã.

Após a realização de exames, conforme a assessoria, Lula seguirá para Brasília. Na segunda-feira, como mostrou o Estadão, o presidente eleito terá uma reunião com o conselheiro de segurança dos Estados Unidos, Jake Sullivan. Sullivan virá ao Brasil como um enviado especial do presidente americano, Joe Bien, para dar início às tratativas por uma agenda conjunta entre os dois países a partir de 2023.

Lula definirá uma data para viajar aos Estados Unidos e se encontrar com Biden antes mesmo da posse, que ocorre no dia 1º de janeiro. Segundo o presidente eleito, a ida a Washington deve acontecer após a diplomação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 12 de dezembro.