Brasil
Acompanhe:

Lula anuncia nomes para governo de transição na saúde

Ainda não há um nome claro sobre que ficará à frente do Ministério da Saúde, mas os quatro nomes do grupo de transição estão entre os cotados

Lula: presidente eleito anuncia nomes para governo de transição na saúde (Gustavo Minas/Bloomberg/Getty Images)

Lula: presidente eleito anuncia nomes para governo de transição na saúde (Gustavo Minas/Bloomberg/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

9 de novembro de 2022, 10h32

A equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva conclui a formação do grupo que cuidará da temática de saúde, até que seja anunciado o ministro que assumirá a pasta.

O grupo será coordenado pelo senador Humberto Costa (PT-PE) e contará com a participação do deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), do médico David Uip, ex-secretário do governo de São Paulo e dos ex-ministros Arthur Chioro e José Gomes Temporão.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Ao Estadão, Humberto Costa disse que a expectativa do grupo é fazer, nos próximos 50 dias, um diagnóstico detalhado sobre a situação do ministério, desde execução de programas de vacinas, até detalhamento de orçamento e medidas que devem ser tomadas no curto, médio e longo prazos.

“Nossa expectativa é muito positiva. É uma comissão de alto nível, pessoas experientes. Temos um programa de governo elaborado de pessoas que compuseram a frente de governo a Lula. Vamos fazer o desdobramento desse programa e realizar um diagnóstico”, disse Costa. “Nosso objetivo é preparar o terreno para quem vier a assumir o ministério.”

Ainda não há um nome claro sobre que ficará à frente do Ministério da Saúde, mas os quatro nomes do grupo de transição estão entre os cotados. Nesta quarta-feira, 8, o presidente eleito Lula vem a Brasília para ter encontro com as presidências da Câmara e do Senado e avançar no processo de transição.

Integrantes de 12 partidos, incluindo o PT, vão participar da equipe pelo lado de Lula. O presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, para conduzir os trabalhos e definir os nomes que repassarão as informações sobre programas e projetos do governo.