Acompanhe:

Lira critica pedido de CPI sobre a pandemia assinado por 31 senadores

Presidente da Câmara afirmou que, no momento atual, o Congresso deve focar em projetos voltados para o combate à pandemia do novo coronavírus

Modo escuro

Continua após a publicidade
Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados (Luis Macedo/Agência Câmara)

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados (Luis Macedo/Agência Câmara)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 27 de fevereiro de 2021 às, 14h17.

Última atualização em 2 de março de 2021 às, 19h22.

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), fez há pouco uma crítica em relação à possibilidade de instalação, neste momento, de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as responsabilidades do governo federal na condução da crise sanitária provocada pela pandemia do novo coronavírus. No Senado existe um pedido de CPI assinado por 31 senadores e 11 partidos.

"Todos nós temos que remar no mesmo sentido. Não adianta fazer agora proselitismo em torno de CPIs", afirmou Lira. "Acho que a CPI sobre pandemia no Senado é inadequada. Não é o momento de parar o Congresso e investigar o que aconteceu", acrescentou.

Lira afirmou que, no momento atual, o Congresso deve se focar em projetos voltados para o combate à pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, as casas legislativas têm pautado essas propostas. "Todos os projetos, MPs (Medidas Provisórias), ações e ingerências para que possamos ter rapidez na aquisição de vacinas, estamos fazendo", disse Lira.

Neste sentido, o presidente da Câmara afirmou que os grandes bancos brasileiros se disponibilizaram a comprar vacinas, assim como empresas de outros setores, para distribuição a funcionários. "O presidente Bolsonaro concordou com a ideia. Mas temos uma demanda mundial por vacinas", ressaltou.

Lira afirmou que a Câmara fará o projeto sobre compra de vacinas "andar rapidamente". "Ao Projeto (de Lei) nº 534, que chegou na Câmara ontem, daremos celeridade nas discussões", afirmou Lira. Na última quarta-feira, o projeto que autoriza Estados, municípios e setor privado a adquirirem vacinas contra a covid-19 foi aprovado no Senado. O texto também permite que os compradores assumam a responsabilidade civil pela imunização.

Lira afirmou ainda que, na próxima semana, a Câmara votará duas MPs que "darão mais recursos para Estados e municípios", no âmbito do combate à convid-19.

Lira participa neste sábado de evento virtual do Grupo Prerrogativas, que reúne profissionais da área do Direito.

Últimas Notícias

Ver mais
PL da reoneração da folha enviado pelo governo entra no sistema da Câmara
Brasil

PL da reoneração da folha enviado pelo governo entra no sistema da Câmara

Há um dia

Câmara aprova tarifa social com novos descontos em água e esgoto para baixa renda
Brasil

Câmara aprova tarifa social com novos descontos em água e esgoto para baixa renda

Há um dia

Aguinaldo diz que PEC da Tributária já garante que leis complementares sejam 'autoaplicáveis'
Economia

Aguinaldo diz que PEC da Tributária já garante que leis complementares sejam 'autoaplicáveis'

Há um dia

Câmara aprova urgência de projeto de lei sobre segregação patrimonial em corretoras cripto
Future of Money

Câmara aprova urgência de projeto de lei sobre segregação patrimonial em corretoras cripto

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais