• AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
  • AALR3 R$ 19,75 0.00
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,47 -0.42
  • ABEV3 R$ 14,75 1.44
  • AERI3 R$ 4,44 18.40
  • AESB3 R$ 10,73 0.85
  • AGRO3 R$ 31,86 -0.62
  • ALPA4 R$ 21,68 -0.55
  • ALSO3 R$ 19,94 1.27
  • ALUP11 R$ 26,32 0.27
  • AMAR3 R$ 2,40 7.62
  • AMBP3 R$ 29,41 -1.14
  • AMER3 R$ 23,70 2.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,56 3.35
  • ARZZ3 R$ 82,92 0.52
  • ASAI3 R$ 15,36 -0.78
  • AZUL4 R$ 21,17 2.37
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
Abra sua conta no BTG

Lava Jato recupera mais R$ 67 milhões que haviam sido desviados

O dinheiro recuperado pela Lava Jato tinha sido desviado durante celebração de contrato entre a Petrobras e a Odebrecht
Lava Jato: ao todo, a Procuradoria já recuperou R$ 13 bilhões durante a operação (Reuters/Nacho Doce/Reuters)
Lava Jato: ao todo, a Procuradoria já recuperou R$ 13 bilhões durante a operação (Reuters/Nacho Doce/Reuters)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 18/07/2019 18:08 | Última atualização em 18/07/2019 18:08Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal em Curitiba recuperou mais R$ 67.051.695,52 para os cofres públicos.

Segundo a Procuradoria, os valores, desviados em decorrência de crimes praticados para a celebração de contrato entre a Petrobras e a Odebrecht haviam sido direcionados a três condenados em uma ação penal — Aluísio Teles Ferreira Filho, Ulisses Sobral Calile e Mário Ildeu de Miranda em contas no exterior.

Os três, condenados na ação penal nº 5023942-46.2018.4.04.7000/PR, "confessaram os crimes e renunciaram aos valores depositados em contas-correntes mantidas em bancos suíços", informou a força-tarefa da Lava Jato.

 

Os valores foram transferidos para contas judiciais vinculadas ao processo e integram os mais de R$ 13 bilhões que são alvo de recuperação pela Lava Jato ao longo de cinco anos de operação, destaca a Procuradoria.

Somente no primeiro semestre de 2019, o Ministério Público Federal recuperou efetivamente mais de R$ 1,5 bilhão e apresentou 14 denúncias — número superior a 2018 e o mesmo verificado em 2017.